Curso do Senar/MS prepara profissionais na aplicação de medicamentos na bovinocultura de corte
CI
Imagem: Marcel Oliveira
VACINAÇÃO

Curso do Senar/MS prepara profissionais na aplicação de medicamentos na bovinocultura de corte

A atividade no campo exige treinamento de mão de obra e esterilização dos materiais

Estamos na semana antecede o início da Campanha de Vacinação da Febre Aftosa, em 1º de novembro. Atento à demanda e ao nível de qualificação exigidos na dinâmica de imunização, o Senar Mato Grosso do Sul oferece gratuitamente o Curso de Aplicação de Medicamentos em Bovinos. A capacitação gratuita é o tema da editoria #EducaçãonoCampo desta quarta-feira (28).

A febre aftosa é uma patologia que acomete, entre outros animais, os bovinos e bubalinos. Apesar de não ter registro da doença no Brasil há mais de dez anos e uma cobertura vacinal de praticamente 99% nas últimas campanhas, manter o protocolo na dinâmica de imunização é essencial para a preservar e conquistar novos mercados, a partir de uma carne de qualidade, segurança alimentar e garantias sanitárias.

Cuidados com o armazenamento das doses e a aplicação da vacina são ensinados na capacitação gratuita do Senar/MS. “Os medicamentos devem ser conservados em temperaturas entre 2° e 8° centígrados. Já a aplicação correta deve ser feita na chamada ‘tábua’ do pescoço e alcançar a parte subcutânea, método padrão, independente do peso e tamanho”, esclarece o instrutor Wilson Pereira, acrescentando que os animais devem estar no tronco de contenção para melhor administração de medicamentos injetáveis.

Se engana quem pensa que os abscessos – os chamados ‘caroços’ - são causados pela injeção. “É mito. Cerca de 80% desses casos têm origem na falta de higiene com os itens utilizados como pistolas, dosificadoras e agulhas. Ferver o material e seguir os cuidados necessários é essencial no resultado final da aplicação de vacinas no rebanho”.

O curso tem carga horária de 24 horas. As próximas agendas estão com 12 vagas disponíveis. Ficou interessado? Acesse senarms.org.br ou procure pelo sindicato rural do seu município e solicite a capacitação. 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink