Marcado leilão de concessão da rodovia Sinop-Miritituba

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o nosso site e as páginas que visita. Tudo para tornar sua experiência a mais agradável possível. Leia os Termos de Uso e a Termos de Privacidade.


CI
Imagem: Arquivo Agrolink
INFRAESTRUTURA

Marcado leilão de concessão da rodovia Sinop-Miritituba

Trecho de extensão de 970 quilômetros liga Mato Grosso ao porto paraense
Por: -Eliza Maliszewski

O ministério da Infraestrutura marcou para 8 de julho o leilão de concessão para a iniciativa privada administrar um trecho de 970 quilômetros trecho da BR-163 e da BR-230 entre Sinop (MT) Miritituba (que pertence a Itaituba, no Pará).

O relatório prevê a concessão por dez anos e investimento de aproximadamente R$ 1,9 bilhão, sendo cerca de R$ 624 milhões na manutenção da rodovia, R$ 581 milhões em ampliações/melhorias e aproximadamente R$ 281 milhões na recuperação rodoviária. O trecho é considerado estratégico para escoar os grãos do Centro-Oeste para o porto paraense, impactando na logística.

Os custos operacionais foram orçados em R$ 871 milhões, com destaque para o controle das operações (R$ 335 milhões) e para conservação rodoviária (R$ 234 milhões). Por outro lado, a projeção é que a taxa interna de retorno anual para o projeto seja de até 8,47%, ou seja, a futura concessionária deve arrecadar cerca de R$ 4,4 bilhões no período, incluindo receitas não tarifárias.

A empresa vencedora, além da manutenção, terá que fazer investimentos em melhorias na rodovia, implantar unidades de apoio, assistência com guincho e socorro médico.
 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink