Jovens agricultores aprendem a divulgar agroecologia através de vídeos

Agroecologia

Jovens agricultores aprendem a divulgar agroecologia através de vídeos

Cerca de 30 jovens agricultores de seis territórios da Paraíba participaram nos dias 4 e 5 de outubro de uma oficina sobre Construção de Roteiros e Narrativas
Por:
21 acessos

Cerca de 30 jovens agricultores de seis territórios da Paraíba participaram nos dias 4 e 5 de outubro de uma oficina sobre Construção de Roteiros e Narrativas, realizada pela Articulação do Semiárido Paraibano (ASA/PB) e a Embrapa Algodão, em Campina Grande, PB. A ação faz parte do projeto Pedagroeco, que tem por objetivo estimular o protagonismo juvenil no campo e a divulgação das experiências agroecológicas em rede nos estados de Sergipe, Alagoas, Piauí, Paraíba e Bahia, por meio de materiais multimídias.

Segundo a assessora pedagógica da ASA Paraíba, Rejane Alves, “a ideia é que os jovens aprendem a contar suas experiências para outros jovens através de vídeos e que esses vídeos possam servir de instrumento de comunicação e mobilização nas comunidades”.

Durante a oficina, os jovens conheceram as etapas da elaboração do roteiro, noções de enquadramento, iluminação, captação de imagens e áudio de qualidade. “É importante que cada um saia daqui sabendo contar uma história com começo meio e fim e que saiba envolver outros jovens com suas experiências na agroecologia”, diz o facilitador da oficina e comunicador da ASA/PB, Cacá de Sousa.

Para a jovem Ângela Alves, que é presidente da Associação do Sítio das Flores, no município de Teixeira, PB, o projeto Pedagroeco está tendo um papel importante no estímulo da juventude rural a se envolver com as questões da comunidade e com o associativismo. “Muitos jovens achavam que a associação era coisa para gente velha e a possibilidade de comunicar suas experiências através dessas novas mídias, seja por vídeos no Youtube, Facebook e WhatsApp tem atraído esses jovens para se envolver mais na comunidade”, conta.

Entre as experiências que os jovens escolheram para divulgar através de vídeos estão as feiras agroecológicas, o fundo rotativo solidário, o acesso à água, as brincadeiras da infância, a questão de gênero e o protagonismo juvenil.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink