Expedição Safra: Plantio em SC e RS avança e expectativa é de crescimento na colheita

Agricultura

Expedição Safra: Plantio em SC e RS avança e expectativa é de crescimento na colheita

Clima favorável tem auxiliado os produtores de milho e soja nos dois estados
Por:
411 acessos

Com o clima auxiliando a produção, as lavouras do Rio Grande do Sul e Santa Catarina estão sendo semeadas em ritmo acelerado. Para Santa Catarina, a estimativa de crescimento é de 15,1% na colheita de milho e soja (5,7 milhões de toneladas), em comparação ao ciclo 2017/2018, segundo dados da Secretaria de Estado da Agricultura e da Pesca de Santa Catarina (SAR). Já os gaúchos semearam até agora 5,8 milhões de hectares com soja (3% do total) e 458,8 mil hectares de milho (62% do total), com projeções de aumento de até 5,5% na safra de grãos, chegando a 35 milhões de toneladas, segundo a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

“O mercado está exigindo o crescimento da safra de grãos no Brasil. Seja para a produção de proteína animal no país ou para exportação, a demanda é alta e precisamos atendê-la. Estamos com essas perspectivas de recordes de produção devido ao aumento das áreas plantadas e auxílio do clima”, avalia o o gerente do Núcleo de Agronegócio Gazeta do Povo e coordenador da Expedição Safra, Giovani Ferreira.

Em Santa Catarina o aumento na produção, principalmente do milho, se deve ao aumento do valor do grão no mercado. Segundo a Secretaria de Agricultura, de janeiro à setembro o preço aumentou 25%, com a saca subindo de R$ 29,69/sc para R$ 37,32/sc, maiores valores registrados no estado desde janeiro de 2017. Já a soja registrou elevação mais moderada, com reajuste de 3,7% no semestre (saca a R$ 81,41). A produção é puxada pela demanda da China, responsável por importar 80% desse insumo no estado.

E esse otimismo não muda no terceiro maior produtor de grãos do Brasil. Somente nas lavouras de soja, o Rio Grande do Sul estima elevar para 3.153 kg/ha sua produtividade, alta de 4,6% comparado ao ciclo anterior. No total são estimados até 18,5 milhões de toneladas nessa safra. Já para o milho verão o cenário é mais incerto, com a produção podendo variar entre 714 mil hectares, o que representaria queda de 2%, ou 757 mil hectares, representando uma elevação de 3,6% na colheita.

Roteiro

Em sua 13ª edição, a Expedição Safra continua seu roteiro pela Região Sul passando pelas cidades de Abelardo Luz e Chapecó em Santa Catarina e Palmeira das Missões, Cruz Alta, Não-Me-Toque e Erechim no Rio Grande do Sul.

A equipe de técnicos e jornalistas ainda irá percorrer Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, São Paulo, Minas Gerais, Goiás, Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia, analisando a cadeia produtiva dos estados responsáveis por mais de 90% da safra de grãos brasileira.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink