Tecnologia deve impulsionar caprinos e ovinos
CI
Imagem: Eliza Maliszewski
NO PIAUÍ

Tecnologia deve impulsionar caprinos e ovinos

Uma delas é um laboratório para análise nutricional
Por: -Eliza Maliszewski

Um programa comandado pela Embrapa Caprinos e Ovinos (Sobral-CE) vai levar tecnologias com foco em nutrição animal e melhoramento genético de caprinos e ovinos em Paulistana e Betânia do Piauí, na região do Vale do Itaim (PI).

Nesta semana pesquisadores pretendem estruturar unidades de referência tecnológica e estruturas laboratoriais no local para análise nutricional. Com uso de tecnologia de infravermelho (NIRS) será possível uma orientação mais precisa sobre a alimentação dos rebanhos de caprinos e ovinos, a partir de 2021, por meio de um serviço de assessoria nutricional.

Quando estiver funcionando os produtores poderão levar fezes dos animais para análise e ver que dieta os animais seguem. Com isso será possível fazer os ajustes, suplementar, suprir deficiências e orientar os criadores. Inicialmente, o serviço de assessoria nutricional tomará dez propriedades rurais para um projeto piloto e o objetivo é usar a alimentação local para não causar custos com suplementos.

Outra atividade será a visita a cooperativa e propriedades rurais, também em Paulistana, para selecionar rebanhos e definir estratégia de melhoramento genético animal. A equipe da Embrapa também visitará propriedades para implantação de Unidade de Referência Tecnológica (URT) destinada a avaliar plantas forrageiras adaptadas às condições locais e a implantação de um sistema de produção de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta (ILPF), em Betânia do Piauí.

As tecnologias para Nutrição, Forragicultura e Melhoramento Genético Animal em caprinos e ovinos também serão levadas a outros territórios de diferentes estados da região Nordeste, por meio do programa AgroNordeste, que também contemplará ações de Sanidade Animal e Tecnologia de Alimentos para caprinocultura e ovinocultura. Além do Piauí, as ações chegarão aos estados do Ceará, Paraíba, Pernambuco e Bahia. 
 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink