Webinar celebra o Dia do Agricultor mostrando técnicas de combate à erosão
CI
Imagem: Divulgação
WEBINAR

Webinar celebra o Dia do Agricultor mostrando técnicas de combate à erosão

Dia do Agricultor foi comemorado em alto estilo pela Embrapa Solos com webinar sobre combate à erosã
Por:

O Dia do Agricultor, 28 de julho, foi comemorado em alto estilo pela Embrapa Solos (Rio de Janeiro-RJ) com webinar sobre combate à erosão, que contou com a participação de Eduardo Mansur, diretor mundial de água e solo da FAO, e exibição de três vídeos curtos sobre o tema. A transmissão marcou o início da série de encontros ‘Diálogos para conservação do solo e da água’.

“A proposta dessa série é sensibilizar a sociedade sobre a necessidade de ampliar as ações que potencializem o uso adequado dos recursos solo e água e a recuperação de terras degradadas”, revelou Petula Ponciano, chefe geral do centro de pesquisa carioca.

O Encontro foi mais um evento da Campanha Nacional de Combate à Erosão, que teve seu primeiro ato com um concurso de vídeos. Curiosamente, a ideia da Campanha surgiu em Roma, na Itália, quando o pesquisador Aluísio Andrade e a especialista Julia Stuchi, ambos da Embrapa Solos, participaram, em maio de 2019, do I Simpósio Global sobre Erosão do Solo.

"Hoje, quase 80% da terra agricultável enfrenta níveis altos de erosão. Esta é a razão pela qual a erosão é a maior ameaça ao solo no Planeta. A FAO e a Parceria Global pelo Solo (GSP, da sigla em inglês) reconhecem a Campanha Nacional de Combate à Erosão como uma iniciativa importante para o Brasil onde a erosão é uma grande ameaça”, disse Mansur. O evento teve a mediação de Fabrício de Martino, consultor de criatividade e inovação.

PlanoSoloÁguaBr 

Aluísio Andrade demonstrou algumas tecnologias e estratégias para o controle da erosão em áreas agrícolas no Brasil, erosão esta que diminui o potencial de produção agrícola da terra, além de causar o assoreamento de rios, lagos e reservatórios.

Segundo o pesquisador, é fundamental o planejamento conservacionista, que inclui a adequação ambiental e produtiva. “Temos que definir as zonas de manejo, fazer o diagnóstico do estado de degradação da terra e indicar as culturas e plantas de cobertura observando a aptidão agrícola e climática”, disse Andrade, sem esquecer de mencionar alguns princípios da agricultura conservacionista, como o não revolvimento do solo, a rotação de culturas, a cobertura permanente do solo e o controle do tráfego de máquinas.

A fim de combater o aumento da degradação do solo e da água, equipe da Embrapa Solos criou o Plano Nacional de Gestão Sustentável do Solo e Água (PlanoSoloÁguaBr), que vai atuar em cinco frentes: legislação, integração ensino-pesquisa-extensão e fiscalização, prevenção, conservação, recuperação e monitoramento.

Concurso de vídeos

Embrapa Solos e FAO realizaram o concurso de vídeos Campanha Nacional de Combate à Erosão ao longo do ano de 2020. Durante o evento do dia 28 foram exibidos três concorrentes incluindo o vencedor ‘Sistema de plantio direto no maracujá’, produzido, editado e com imagens de Filipe Espíndola, do escritório de Pedras Grandes da Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (EPAGRI).  “Optamos pelo assunto do vídeo porque esse é um dos principais trabalhos desenvolvidos pela EPAGRI na cidade, com resultados excelentes”, disse Filipe. A cultura do maracujá em Pedras Grandes é uma importante alternativa de renda para os pequenos agricultores familiares, chegando a 50 toneladas por hectare, e sendo responsável pela migração de muitos fumicultores para a produção de alimentos saudáveis. 

Outro trabalho exibido foi o filmete ‘O olhar da composição florestal sob a erosão agrícola’, idealizado por equipe de graduandos de agronomia da Unopar (PR), campus Piza. O aluno Jonatas Langame representou o grupo. 

Por último, o público assistiu ao vídeo Dat´ká: bomba de Biodiversidade, produzido pelo Centro de Referência para Recuperação de Áreas Degradadas da Caatinga da Universidade Federal do Vale do São Francisco (CRAD/Univasf – PE), e dirigido por José Alves de Siqueira Filho, que participou do webinar.

O webinar pode ser assistido na íntegra aqui.

Arte

Nas lives promovidas pela Embrapa Solos procuramos trazer também um pouco de arte, Confira abaixo o mapa mental, elaborado pela artista plástica Milena Pagliacci e as ilustrações do designer gráfico Dudu Rosa.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink