Embrapa vai apresentar as últimas novidades no AquaCiência 2018

AquaCiência 2018

Embrapa vai apresentar as últimas novidades no AquaCiência 2018

Evento reunirá em Natal algumas das maiores autoridades em aquicultura do País
Por:
376 acessos

Evento reunirá em Natal algumas das maiores autoridades em aquicultura do País

A Embrapa vai participar fortemente do Aquaciência 2018 – Congresso Brasileiro de Aquicultura e Biologia Aquática – em Natal (RN), entre os dias 17 e 21 de setembro.  O evento está em sua 8ª edição e é um dos mais importantes fóruns de intercâmbio de informações entre pesquisadores, estudantes, produtores e empresários da área. Na ocasião, a empresa vai apresentar as últimas novidades sobre o tema por meio de palestras, pôsteres e debates.

No dia 19, um dos temas abordados será “Panorama da Aquicultura Ornamental”, com o pesquisador da Embrapa Pesca e Aquicultura (Palmas, TO), Fabrício Rezende.  Segundo dados da Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação (Abinpet), o mercado de aquarismo movimenta no Brasil 30 milhões de reais ao ano e não para de crescer. Segundo Rezende, hoje em dia é muito mais fácil criar peixes ornamentais do que há dez, vinte anos atrás. “As tecnologias disponíveis atualmente facilitaram muito a vida de quem tem esse hobby. Por exemplo, os filtros e bombas estão muito mais eficazes, de modo que não há mais a obrigatoriedade de se trocar parcialmente a água do aquário toda a semana”, afirma ele. Além disso, há rações que se dissolvem gradualmente na água, fazendo com que o aquarista possa se ausentar alguns dias sem precisar de algum vizinho para alimentar seus peixes.

O Brasil é também um grande exportador de peixes ornamentais, tendo a China como um de seus maiores compradores, correspondendo a 25,3% das exportações. Certas espécies como cascudo, acará-disco e arraia chegam a ser vendidos por até 150 dólares a unidade. Algumas das espécies mais importantes para exportação são o Acará Disco Heckel Blue Face (Symphysodon discus), o Acara Disco Verde Red Spotted (Symphysodon aequifasciatus) e o L25 (Pseudacanthicus pirarara) - custando, respectivamente, U$ 70, U$ 100 e U$ 150 cada.

A criação de camarões em cativeiro também será abordada na palestra “Convivendo com as Enfermidades da Carcinicultura no Brasil”, no dia 19,  com a pesquisadora Alitiene Moura Lemos Pereira, da Embrapa Meio Norte. Ela vai falar sobre a aplicação de normas e procedimentos utilizados na prevenção de doenças infecciosas do camarão. “É quando o produtor faz um ambiente isolado onde a doença não entra”, diz ela. Solo coberto com lona, cobertura dos tanques e água esterilizada são alguns dos recursos utilizados. “Assim você consegue evitar a entrada de doenças mesmo se a propriedade estiver em local contaminado”, ressalta ela.

Uma das maiores ameaças à produção de camarão é o vírus da mancha branca, detectado pela primeira vez na Ásia em 1993. Dois anos depois já atingia os Estados Unidos e logo chegou à América do Sul. A doença, causada por um vírus, apareceu no Ceará em 2017. Em seis meses, 30 mil toneladas de camarão foram perdidas; o equivalente a 60% da produção do período.

Com o tema “Um Olhar para a Inovação”, o Aquaciência é promovido pela Sociedade Brasileira de Aquicultura e Biologia Aquática (AQUABIO) e conta com o apoio do Instituto de Pesca (IP-APTA), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, 

A programação do evento conta com minicursos e palestras, além de apresentações orais e de pôsteres de trabalhos científicos, que abordarão os mais variados temas que impactam todos os elos da cadeia produtiva do pescado.

Serviço
Congresso Brasileiro de Aquicultura e Biologia Aquática – Aquaciência 2018
Data: 17 a 21 de setembro de 2018
Horário: das 9 horas às 18 horas
Local: Centro de Convenções de Natal - Via Costeira, S/N - Ponta Negra – Natal – Rio Grande do Norte
Informações: (48) 3209-3933 / sec.aquabio@gmail.com
www.aquaciencia.aquabio.com.br

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink