Produtores já pensam na safra de inverno no RS

Safra

Produtores já pensam na safra de inverno no RS

A perspectiva é de aumento de áreas a serem cultivadas com trigo
Por: -Eliza Maliszewski
605 acessos

A safra de verão ainda não foi completamente finalizada. De acordo com boletim divulgado pela Emater/RS 78% das áreas com grãos como soja e milho estão colhidas. Enquanto a colheita ocorre os produtores já estão no planejamento de financiamentos para a safra de inverno. 

No arroz, a safra chega a 86% do total das áreas colhidas, registrando boa produção, de 6.800 a 7.794 quilos por hectare. Já a colheita do feijão 1ª safra foi encerrada nos Campos de Cima da Serra, com rendimento de 2.500 quilos por hectare e, na região Sul, com produtividade de 1.200 quilos por hectare. A segunda safra de feijão segue em colheita, totalizando 23% da área, estando ainda 15% maduro, 35% das lavouras em enchimento de grãos, 19% em floração e 8% em germinação e desenvolvimento vegetativo.

Nas regiões como Alto Jacuí, Celeiro e Noroeste Colonial, há perspectiva de aumento de áreas a serem cultivadas com trigo.

Na Serra, a colheita de caqui está em pleno vapor, tanto do Kyoto, variedade de polpa escura, quanto do Fuyu, fruta também conhecida por “chocolate branco”, alcançando 30% do volume produzido. Os frutos apresentam boa sanidade mas a produtividade da safra, que já vinha sendo estimada abaixo da média histórica, sofreu com o temporal da última semana. Cerca de 225 hectares foram afetados em Farroupilha, Bento Gonçalves e Caxias do Sul, danificando mais de 2.100 toneladas de frutas praticamente prontas para colheita. Esse volume representa quase um quarto das 10 mil toneladas de frutos que havia nos pomares. 
 

Com informações da Emater-RS


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink