Sistema de alerta dará orientações mensais para produtores de pêssego na entressafra

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o nosso site e as páginas que visita. Tudo para tornar sua experiência a mais agradável possível. Leia os Termos de Uso e a Termos de Privacidade.


CI
Imagem: Marcel Oliveira
AGRICULTURA

Sistema de alerta dará orientações mensais para produtores de pêssego na entressafra

Na região de Pelotas, o monitoramento da presença da mosca-das-frutas nos pomares é realizado durante o ano inteiro
Por:

De maio a agosto, meses anteriores à safra do pêssego no Rio Grande do Sul, a equipe envolvida no Sistema de Alerta para a Mosca-das-frutas irá elaborar boletins mensais com orientações aos produtores da Região de Pelotas e da Serra Gaúcha. Os boletins extras serão disponibilizados na primeira semana de cada mês, onde serão compartilhadas informações para a melhor condução dos pomares até o período da colheita. A iniciativa é coordenada pela Embrapa Clima Temperado (Pelotas, RS) e pela Embrapa Uva e Vinho (Bento Gonçalves, RS), com apoio da Emater/RS-Ascar.
 
Na região de Pelotas, o monitoramento dos pomares e da mosca-das-frutas é realizado durante o ano inteiro, a partir do acompanhamento da infestação desses insetos-praga. Mas, o envio de orientações ocorria apenas durante a safra. Neste ano, no entanto, a equipe optou por disponibilizar edições mensais de boletins informativos para garantir a sanidade das plantas na entressafra para ambas as regiões. No primeiro boletim extra, de maio, estão orientações para controle da cochonilha e da bacteriose, além de recomendações para a implantação de novos pomares.
 
“O objetivo é passar para o produtor e divulgar as informações relativas aos tratamentos fitossanitários, principalmente, durante a época da entressafra. Então, até o mês de agosto, essas informações vão ser passadas pelo boletim, conforme vinha sendo feito durante a safra, que vai de agosto a dezembro na Região de Pelotas e de agosto a fevereiro na Região da Serra”, explica o pesquisador da Embrapa responsável pelo Projeto, Dori Edson Nava.
 
Envios dos boletins
 
Durante a safra, os boletins são publicados no site do projeto e enviados semanalmente, por e-mail e WhatsApp, para representantes da cadeia produtiva em ambas as regiões participantes, com adaptações nas orientações de acordo com cada realidade. Os boletins também são veiculados em jornal local, no caso da região de Pelotas, publicados em grupo do Projeto no Facebook e adaptados para o rádio. O envio dos boletins extras mensais seguirá o mesmo processo.
 
Sobre o Sistema de Alerta
 
O projeto teve início na safra 2010/2011 na região de Pelotas, sob coordenação da Embrapa, em parceria com o setor produtivo e instituições de ensino, pesquisa e extensão. A partir do monitoramento das moscas-das-frutas nos pomares de pêssego, uma equipe técnica se reúne para avaliar os dados coletados e fazer indicações para o manejo mais adequado na semana. As informações integram boletins enviados a representantes da cadeia produtiva regional no período da safra. Desde 2017, o trabalho também passou a ser realizado na Serra Gaúcha, com foco nos pomares de pêssego para mesa.
 
Na região de Pelotas, esse trabalho conta com o envolvimento dos municípios de Pelotas, Morrro Redondo e Canguçu e respectivas secretarias de Agricultura; Universidade Federal de Pelotas (UFPel); Sindicato da Indústria de Doces e Conservas Alimentícias de Pelotas (Sindocopel); Associação dos Produtores de Pêssego da Região de Pelotas (APPRP); e Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Pelotas. Já na Serra Gaúcha, a iniciativa conta com o apoio do Instituto Federal do Rio Grande do Sul (IFRS) e dos municípios de Bento Gonçalves, Caxias do Sul, Cotiporã, Farroupilha, Nova Pádua, Pinto Bandeira, São Marcos e Veranópolis.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink