Fumageiras devem retomar compra no dia 6

Imagem: Marcel Oliveira

BOA NOTÍCIA

Fumageiras devem retomar compra no dia 6

Fechadas desde a metade de março as atividades estão paralisadas e produtores preocupados
Por: -Eliza Maliszewski
840 acessos

A estiagem castigou esta safra de tabaco, especialmente no Rio Grande do Sul. As perdas estimadas pela Associação dos Fumicultores do Brasil (Afubra) chegam a 30%. A esperança do fumicultor era vender bem o tabaco para compensar as perdas, mas a chegada do COVID-19 ao Brasil adiou os planos. Desde a metade de março as empresas fumageiras estão de portas fechadas para compra, recebimento, processamento e embarque.  As medidas restritivas levaram em conta a segurança dos funcionários e produtores, transferindo para home office apenas as atividades de ordem administrativa.

Com isso cresceu a preocupação dos produtores com a venda, medida necessária para garantir a subsistência e cumprimento de obrigações financeiras, além do planejamento de insumos para a próxima safra. A boa notícia é que na próxima segunda-feira, 6 de abril, grande parte delas deve reabrir a compra, resguardando os devidos cuidados.

Nossa reportagem fez um levantamento junto às empresas. Confira como fica cada uma:

Souza Cruz: em nota a assessoria de imprensa informa que a partir da próxima segunda-feira, dia 06 de abril, retomará as atividades de compra e processamento de tabaco nas unidades de Santa Cruz do Sul/RS, Rio Negro/PR e Timbó/SC. Neste retorno, serão tomadas todas as medidas preventivas contra o contágio da Covid-19 recomendadas pelo Ministério da Saúde e OMS, pois nossa principal preocupação é preservar a saúde e a segurança dos nossos colaboradores, produtores  e parceiros.

JTI: a Japan Tobacco International (JTI) vem a público anunciar a retomada de suas operações de tabaco no Brasil a partir de 6 de abril, próxima segunda-feira. As operações haviam sido suspensas em 21 de março por conta da pandemia do novo coronavírus. As cidades em que a JTI retoma suas operações de compra, recebimento, processamento e embarque de tabaco são: Santa Cruz do Sul (RS), Pinhalzinho, Canoinhas, Pouso Redondo (SC) e São Mateus do Sul (PR). A retomada das operações de compra beneficiará diretamente os cerca de 11mil produtores integrados nos Estados do Rio Grande do Sul, Paraná e Santa Catarina, cuja renda se encontrava comprometida em razão da impossibilidade de comercialização do tabaco.

Universal Leaf Tabacos: as operações da Universal Leaf Tabacos reiniciarão segunda-feira, porém seguindo todas as orientações para evitar o contágio. O setor de Destala Manual é um setor onde haveria aglomeração de pessoas e, por isso, permanecerá fechado.

Alliance One: retomou parcialmente a compra de tabaco em suas unidades na última quarta-feira (1º de abril), de acordo com os decretos vigentes e adotando todas recomendações das autoridades de saúde para prevenção ao coronavírus. 

China Brasil Tabacos: retoma a compra na segunda (06), também parcialmente, com a implementação de medidas de saúde e proteção a todos os envolvidos em seus negócios.

As empresas Brasfumo, Premium Tabacos e ATC não têm previsão de volta mas a decisão ainda pode ser tomada até o final de semana. Nossa reportagem não conseguiu contato com as empresas Unifumo e Marasca.
 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink