Soja supera o milho em área plantada e segue em expansão no Estado de São Paulo

Soja

Soja supera o milho em área plantada e segue em expansão no Estado de São Paulo

Nos últimos anos, a expansão da soja vem se intensificando na agricultura paulista
Por:
620 acessos

A área plantada com soja no Brasil alcançou 35,76 milhões de hectares em 2018/19, com acréscimo de 1,7% em comparação com a safra anterior. De acordo com a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), o Estado de São Paulo é uma das unidades da federação que apresenta maior crescimento no cultivo da oleaginosa, informa o Instituto de Economia Agrícola (IEA), instituição de pesquisa da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo.

Nos últimos anos, a expansão da soja vem se intensificando na agricultura paulista, a ponto de tornar-se a principal cultura do ciclo anual. Em 2017/18, por exemplo, a área de soja alcançou 958,5 mil hectares e superou a soma das áreas de milho primeira safra e safrinha, que totalizaram 904,4 mil hectares, como pode ser observado no levantamento realizado pelo IEA de Economia Agrícola e a Coordenadoria de Assistência Técnica Integral (Cati).

Conforme o referido levantamento, em 2019 devem ser cultivados 1.052,2 mil hectares com soja no Estado de São Paulo, área 7% maior que a utilizada na safra precedente. A produção é prevista em 3.535,9 mil toneladas, 6,1% maior em comparação a safra passada, destaca Marisa Zeferino, pesquisadora do IEA, especialista no produto.

Na safra atual, o Escritório de Desenvolvimento Rural (EDR) de Itapeva tem a maior área plantada com soja; seguido pelos EDRs de Assis, Ourinhos e Avaré. Entre estes, Ourinhos é o que apresenta a maior expansão (76,5%), quando comparado com o plantio de 2013/14.  No mesmo período, o crescimento foi de 25,9% em Itapeva, de 19,6% em Assis e de 70,7% em Avaré.

Nos demais EDRs todos apresentam variações positivas quanto ao aumento do plantio da soja durante o último quinquênio. O EDR de Dracena é o que apresenta a maior variação, de 13.025%. É seguido pelos de Bragança Paulista, Lins, Tupã e Bauru, o que demonstra a tendência rumo ao oeste do Estado de São Paulo. Em General Salgado a área de soja cresce 109,3%, em Presidente Venceslau 104%, em Araçatuba 24,6% e em Presidente Prudente 23,3% em relação a 2013/14. Destacam-se, também, os EDRs de Campinas e de Jaú, onde a variação da área de 2019 em relação ao último quinquênio é de 867,4% e de 472,2%, respectivamente.

A sojicultora exerce papel importante na dinâmica de concorrência por área em virtude da elevada liquidez nos mercados doméstico e internacional do grão, o que consiste em estímulo no processo de substituição das culturas. Além disso, a possibilidade de ser cultivada em áreas de renovação da cana-de-açúcar constitui fator a mais para a expansão dessa atividade agrícola no Estado de São Paulo, conclui a pesquisadora.
 


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink