Boi gordo: escalas curtas e virada de mês dão sustentação aos preços
CI
Imagem: Eliza Maliszewski
BOI GORDO

Boi gordo: escalas curtas e virada de mês dão sustentação aos preços

Em São Paulo, a oferta de boiadas está restrita, o que vem ditando o rumo dos negócios
Por:

Em São Paulo, a oferta de boiadas está restrita, o que vem ditando o rumo dos negócios. Com escalas curtas e com a virada do mês, as indústrias frigoríficas paulistas abriram a última quarta-feira (28/10) pagando mais pelo boi gordo. 

Segundo levantamento da Scot Consultoria, na comparação diária, a alta foi de R$2,00/@ no estado, com o boi gordo cotado em R$271,00, preço bruto e à vista, R$270,50 com desconto do Senar e R$267,00 com desconto do Funrural e Senar. Para os animais jovens, cujo destino é o mercado chinês, as ofertas de compra chegam a R$275,00/@ bruto e à vista.
 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink