CITROS/CEPEA: estoque pode se recuperar em jun/20, devido à maior oferta em 2019/20

Citros

CITROS/CEPEA: estoque pode se recuperar em jun/20, devido à maior oferta em 2019/20

Maior safra prevista pelo Fundecitrus para o cinturão citrícola brasileiro
Por:
306 acessos

A maior safra prevista pelo Fundecitrus (Fundo de Defesa da Citricultura) para o cinturão citrícola brasileiro (São Paulo e Triângulo Mineiro), de 388,89 milhões de caixas de 40,8 kg em 2019/20 (aumento de 36% frente à temporada 2018/19), deve resultar em recuperação dos estoques nas processadoras paulistas em junho de 2020, segundo estimativas do Cepea. Mesmo diante do maior volume previsto para o cinturão citrícola, as perspectivas são de que a rentabilidade do citricultor seja positiva em 2019/20, por conta da produtividade elevada (que pode reduzir os custos unitários) e do fato de boa parte da produção ter sido contratada aos mesmos valores de 2018/19.

Quanto aos preços no mercado de laranja de mesa, caíram na semana, segundo pesquisas do Cepea. A média da pera, de 20 a 23 de maio, é de R$ 19,43/cx de 40,8 kg, na árvore, recuo de 8,2% frente à semana anterior. Para a lima ácida tahiti, no mesmo período de comparação, a média de comercialização é de R$ 14,23/cx de 27 kg, colhida, queda de 14,3% em relação à da semana anterior. Esse cenário se deve às vendas desaquecidas na semana, por causa do clima mais frio em São Paulo e à proximidade do período de final de mês.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink