TOMATE/CEPEA: contaminação de mudas afeta produção de sumaré

Tomate

TOMATE/CEPEA: contaminação de mudas afeta produção de sumaré

Mudas de tomate transplantadas na região de Sumaré (SP) vêm apresentando problemas no enraizamento
Por:
1108 acessos

As mudas de tomate transplantadas na região de Sumaré (SP) vêm apresentando problemas no enraizamento, devido à infestação de cancro bacteriano em um dos viveiros que produz as mudas locais. Segundo agentes consultados pelo Hortifruti/Cepea, no momento do transplantio, as mudas não apresentavam sintomas; somente após 20 dias é que foi possível observar a contaminação. Contudo, acreditava-se que com um bom manejo, seria possível recuperar as plantas, o que não aconteceu.

De acordo com colaboradores do Hortifruti/Cepea, a infestação afetou pelo menos metade das plantas cultivadas na região nesta primeira parte da safra de inverno, o que corresponde a aproximadamente 1,5 milhão de mudas. Nessas lavouras, a produtividade não deve superar 150 caixas por mil pés, o que aumentou expressivamente os custos unitários, resultando em prejuízo, apesar dos elevados patamares de preços no período. Muitos produtores devem encerrar a safra neste mês e iniciar o semeio em junho, para que os transplantios ocorram até julho. A razão da contaminação das mudas ainda é desconhecida.
 


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink