TO: comitê avícola se reúne para discutir crescimento do setor

Frango

TO: comitê avícola se reúne para discutir crescimento do setor

Cadeia discutirá defesa sanitária das aves e o aprimoramento das atividades desenvolvidas.
Por:
60 acessos

As 137 granjas de aves comerciais do Tocantins têm capacidade para alojar 8,5 milhões de aves, dessas 134 são de corte e três de aves de postura. Visando fortalecer e buscar melhorias para o setor, representantes do Comitê de Sanidade Avícola do Estado Tocantins (Coesa), ao qual a Agência de Defesa Agropecuária (Adapec) faz parte, estarão reunidos nesta quinta-feira, 13, a partir das 9h, no auditório do Sindicato Rural de Araguaína.

A responsável pelo Programa Estadual de Sanidade Avícola da Adapec e presidente do Coesa, Keyte Moreira, explica que as reuniões são realizadas periodicamente em diferentes regiões do Estado para debater as necessidades sanitárias do setor e aprimorar as normas e as ações. “Daremos ênfase as principais doenças e debateremos propostas e metas para o crescimento da avicultura industrial do Estado”, disse Keyte Moreira.

Os temas sobre resultado de vigilância passiva; resistência antimicrobiana e resultados de auditorias ficarão a cargo do auditor fiscal federal da agricultura, Welciton Assunção Alves. Aproveitando a oportunidade, será ministrada uma palestra sobre as estratégias para retirada da vacinação contra a febre aftosa, que será apresentada pelo supervisor da área animal, Marques Barbosa.

Fazem parte do comitê o Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa), Ruraltins, Universidade Federal do Tocantins (UFT), Secretaria Estadual da Agricultura, Pecuária e Aquicultura (Seagro), Associação dos Avicultores do Centro do Tocantins, Associação dos avicultores do norte do Tocantins, Santa Isabel e Frango Americano.

De acordo com dados do Ministério da Agricultura, no período de 1º de janeiro a 31 de dezembro de 2018, o Tocantins exportou 1,4 mil toneladas de carnes de frangos, os principais países importadores são: Hong Kong, Omã e Mianmar (Birmania). Nesse mesmo período, foram abatidos nos frigoríficos registrados no Serviço de Inspeção Federal (SIF), mais de 12,6 mil toneladas de aves.    

 


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink