Senar participa de missão virtual para avaliar projeto Paisagens Rurais
CI
Imagem: Pixabay
EVENTO

Senar participa de missão virtual para avaliar projeto Paisagens Rurais

Senar participou, na segunda (23) e na terça (24), da missão de avaliação do projeto Paisagens Rurais
Por:

O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) participou, na segunda (23) e na terça (24), da missão de avaliação do projeto Paisagens Rurais. A iniciativa promove a recuperação ambiental e produtiva de propriedades rurais do bioma Cerrado por meio da Assistência Técnica e Gerencial (ATeG).

Em razão da pandemia, os representantes das instituições que executam o projeto se reuniram por meio de videoconferência. A missão verificou o cumprimento dos requisitos, o alcance referente ao segundo ano de implementação das ações e os impactos gerados em função da Covid-19.

"É muito importante ressaltar o empenho da equipe gestora do projeto, comprometimento das administrações regionais do Senar e adesão dos produtores rurais ao programa mesmo em um ano atípico. Isso comprova que o produtor está interessado em adotar cada vez mais ações produtivas para promover o desenvolvimento econômico, social e ambiental de sua atividade”, afirmou Andréa Barbosa, diretora de Assistência Técnica e Gerencial do Senar.

Em 2020, a ações de ATeG foram implementadas em mais de 1700 propriedades rurais, distribuídas nas bacias prioritárias selecionadas nos estados da Bahia, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais e Tocantins.

A ideia é promover a recuperação de Áreas de Preservação Permanente (APP), Reserva Legal (RL) e pastagens degradadas a partir do manejo sustentável e da adoção de práticas de agricultura de baixa emissão de carbono.

Sobre o Projeto

O projeto Paisagens Rurais é financiado com recursos do Programa de Investimento Florestal (FIP em inglês) que são gerenciados pelo Banco Mundial. A coordenação é do Serviço Florestal Brasileiro e do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) com parceria da Agência de Cooperação Técnica Alemã (GIZ), Senar, Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTI), por meio do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), e Embrapa.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink