China investiga uso de vacinas piloto contra a PSA

PESTE SUÍNA AFRICANA

China investiga uso de vacinas piloto contra a PSA

Rumores de mercado de que vacinas-piloto produtos caseiros ou contrabandeados, estão sendo usados deixou autoridades do país em alerta
Por:
693 acessos

A China está investigando relatos de que suinocultores estão usando vacinas experimentais ilegalmente contra a peste suína africana, numa tentativa de prevenir a doença mortal, disse o Ministério da Agricultura e Assuntos Rurais nesta segunda-feira (02/09).

Os rumores de mercado de que vacinas-piloto, bem como produtos caseiros ou contrabandeados, estão sendo usados contra a peste suína estão recebendo muita atenção dos produtores de suínos, informou o ministério em comunicado online.

O Ministério ordenou que os governos locais intensifiquem as fiscalizações e reprimam as vacinas ilegais, acrescentou.

O Instituto de Pesquisa Veterinária Harbin da China disse em maio que havia encontrado dois candidatos a vacina e estava planejando iniciar testes piloto.

Mas o ministério disse que seu produto mais avançado ainda estava apenas em testes piloto e que ainda não havia aprovado ensaios clínicos. Qualquer produto que alegasse ser uma vacina viável era, portanto, ilegal, acrescentou.

Ele alertou que o uso de vacinas vivas não aprovadas pode causar "riscos imprevisíveis de biossegurança", incluindo a disseminação da doença ou a introdução de uma nova cepa do exterior.

Enfatizou também que os produtores continuem concentrados nas medidas de prevenção e não dependerem de uma vacina, particularmente a ilegal.

O departamento de agricultura da província de Guangdong disse em um post em sua conta oficial do WeChat em 12 de agosto que contrabandeava vacinas da Espanha e do Vietnã recentemente apareceram no mercado, além de vacinas caseiras.

Não deu mais detalhes. As autoridades vietnamitas disseram em julho que recentemente tiveram sucesso na pesquisa de vacinas.

 


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink