Europa continua reportando a maioria dos novos casos de PSA

SURTO

Europa continua reportando a maioria dos novos casos de PSA

Segundo relatório da OIE dos 294 casos registrados, entre 11 e 24 de outubro, 279 foram na Europa
Por:
977 acessos

De acordo com o novo relatório publicado pela Organização Mundial para Saúde Animal (OIE) entre os dias 11 e 24 de outubro 294 novos surtos de Peste Suína Africana (PSA), foram notificados. Destes 279 foram reportados na Europa. Nessa região, um programa de vigilância direcionado continua. Muitas vezes, um único caso no javali é notificado como um único surto e geralmente é notificado como resolvido imediatamente. No total, 227 surtos foram relatados em javalis, dos quais 20 permanecem em andamento. Nesse período, Bulgária, Polônia, Romênia e a Ucrânia registraram surtos em suínos comerciais.

O total de surtos contínuos de PSA em todo o mundo é agora 9.402. No relatório anterior, 507 foram notificados como novos, enquanto 9.491 surtos estavam em andamento.

Um total de 8.175 animais foram notificados como perdas. Somente a Europa notificou 4.127 perdas, sendo 3.899 delas notificadas em Romênia, enquanto na Ásia foram perdidos 4.048 animais no período. A África não notificou perdas neste período.

O impacto da doença é medido em termos de perdas, que são calculados pela soma de animais mortos e abatidos em fazendas ou animais infectados em instalações de quintal do surto relatado.

No total 24 países / territórios notificaram surtos novos ou em andamento por meio de notificações imediatas e relatórios de acompanhamento, 12 na Europa (Bulgária, Estônia, Hungria, Letônia, Lituânia, Moldávia, Polônia,Romênia, Rússia, Sérvia, Eslováquia e Ucrânia); 9 na Ásia (China (República Popular da), Coréia do Sul, Coréia do Norte, Laos, Mianmar, Filipinas, Rússia, Timor-Leste e Vietnã) e 4 na África (Costa do Marfim, Quênia, África do Sul e Zimbábue).

A China notificou um novo surto em suínos no quintal da província de Guangxi. A Coreia do Sul notificou 12 novos surtos em Gyeonggi-Do e pela primeira vez na província de Gangwon-Do, principalmente afetando javalis. A Rússia notificou dois novos surtos que afetam javalis na divisão administrativa asiática Primorskiy Kray.

 


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink