PSA chega na Alemanha
CI
Imagem: Pixabay
SURTO

PSA chega na Alemanha

País é um dos grandes produtores da Europa e já tem suspensão de importações
Por: -Eliza Maliszewski

A peste suína africana (PSA) chegou a mais um país da Europa. Nesta quinta-feira (10) a Alemanha confirmou que a doença foi encontrada em um javali morto perto de sua fronteira com a Polônia. As autoridades do estado alemão de Brandemburgo colocaram em quarentena uma área de 15 km ao redor de onde o animal foi encontrado para procurar mais animais mortos e também restringiram o movimento de animais de fazenda.

Os principais reflexos podem aparecer nas exportações da proteína. O país é o maior produtor europeu de carne suína e em 2019 exportou US$ 1,2 bilhão para a China, grande comprador. Só nos primeiros quatro meses de 2020, a Alemanha exportou 158 mil toneladas de carne suína no valor de 424 milhões de euros (US $ 500 milhões) para a China, o dobro do mesmo período do ano passado.

Com a notícia da PSA os preços caíram 13,6%, para 1,27 euros o quilo. Antes o suíno estava cotado a 1,47 euros o quilo. O mercado já se movimentou. A Coreia do Sul anunciou a suspensão das importações e países como China e Japão também devem parar com a confirmação do caso da doença.

A associação de fazendeiros alemães DBV manifestou preocupação e disse que o mercado local não é suficiente para absorver toda a produção. “Os criadores de suínos estão preocupados que a peste suína signifique que o mercado asiático desmorone", disse.
Alemanha deve seguir o exemplo da Bélgica e conter o surto criando uma grande zona proibida em torno do surto para controlar javalis e permitir a caça para reduzir o número de animais. 

A PSA é uma doença altamente contagiosa e causa morte dos suínos. Não há cura. Vacinas estão em testes mas por enquanto não há imunização. Segundo o último levantamento da Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) há 7.130 surtos em enadamento no mundo na Europa, Ásia e África.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink