02/12
CME
BM&F

Soja
10,29 (02/12)
n.d.

Milho
3,42 (02/12)
38,32 (02/12)

Sementes


Brócolis japonês é cultivado no sul de Minas

Visitas: 1847

Brócolis japonês é cultivado no sul de Minas
27/07/10 - 10:11 

O clima ameno do sul de Minas está favorecendo a produção de uma variedade de brócolis vinda do Japão, conhecida na região como ninja. No município de Senador Amaral, o investimento na cultura começou há cinco anos e ganha cada vez mais espaço.

A plantação de brócolis de seu Paulo fica em terras arrendadas de um produtor de milho. O tempo de cultivo, de setenta dias, é considerado curto e a lavoura tem sempre que mudar de lugar. Mas o que o agricultor planta nestas terras não é uma verdura comum, é o brócolis ninja.

“O início desta cultura no Brasil foi em 1985. Ela entrou como se fosse para a indústria, para congelamento. Mas depois de um certo tempo ela começou a entrar no mercado, pegaram gosto e está sendo cultivado mais largamente”, diz Paulo Morinishi, agricultor.

A grande diferença do brócolis ninja para o tradicional é que o ninja possui uma cabeça única, que permite apenas uma colheita, o que facilita o trabalho do produtor.

“Ele faz uma colheita só, a cabeça é mais densa e o ciclo é mesmo que o outro. Está sendo bem aceita pelo comércio, e o que também tem incentivado é o clima favorável de sete a vinte graus”, explica Aparecido Venâncio, agrônomo – Emater.

De acordo com a Emater, hoje a produção no sul de Minas já passa dos seiscentos hectares. Outros fatores que favorecem a produção da variedade na região são a rentabilidade e a durabilidade da verdura.

Outro produtor vende o brócolis in natura para feirantes, ou o produto picado para a indústria. Dezesseis funcionários cuidam da produção que vai quase toda para o estado de São Paulo. A renda do brócolis é permanente já que a colheita acontece o ano inteiro

“Tá cada vez aumentando mais. O normal é de dois a três hectares por semana, daria por mês doze hectares”, diz Sebastião Alves Cunha, agricultor.

Enquanto o brócolis tradicional deve ser consumido em até dois dias depois da colheita, a variedade ninja chega a durar o dobro do tempo.


Globo Rural

Notícias relacionadas

02/12/16 » Novo momento da citricultura
02/12/16 » Custo de produção do algodão sobe 33% em três safras em Mato Grosso; semeadura começa
02/12/16 » Fórum mostra oportunidades para o desenvolvimento do agronegócio baiano
02/12/16 » Seagri apoia Projeto de Desenvolvimento das Indústrias de Nutrição da Bahia
02/12/16 » Projeto Intecral conclui, com sucesso, recuperação de solo no Noroeste Fluminense

Comentários (1)

Comente esse conteúdo preenchendo o formulário abaixo e clicando em enviar






- Opiniões expressas nesse ambiente são de exclusiva responsabilidade do autor e não necessariamente representam o posicionamento do Portal Agrolink.

13/08/2013 às 09:00h - Gostaria de saber onde encontro sementes de brocolis ninja e se é possivel cultiva-lo no nordeste? (Pedro Miranda Costa)
Colunistas | Eventos  | Cadastre-se  | Agrotempo  | Feiras e Fotos  | Vídeos
Ip: 54.163.94.5 Cod: -1 Est: -1 Cid: -1

 
Fale Conosco
Em que podemos ajudá-lo?