Rotação de culturas e preparo do solo sobre o banco de sementes de plantas daninhas em terras baixas
CI
Arroz

Rotação de culturas e preparo do solo sobre o banco de sementes de plantas daninhas em terras baixas

Controle de plantas daninhas em terras baixas
Por:

No monocultivo de arroz, as espécies daninhas mais adaptadas a este sistema de produção aparecem em maior incidência na área. A rotação de culturas pode ser uma alternativa para auxiliar na redução do banco de sementes de plantas daninhas. Nesse sentido o objetivo do trabalho foi avaliar a dinâmica do banco de sementes de capim-arroz (Echinochloa spp.) e papuã (Urochloa plantaginea) em terras baixas, em combinações de rotação de culturas e do manejo de solo. Foram utilizadas as culturas de arroz, soja e sorgo, sob o manejo de preparo do solo convencional e sistema de semeadura direta, cultivado em faixas. Foi avaliado o banco de sementes de capim-arroz e papuã após dois anos de cultivo, na camada de 0-5 e 5-10 cm de profundidade. A densidade do banco de sementes de capimarroz e papuã foi superior no monocultivo de sorgo em relação ao cultivo de arroz. Não houve diferença do banco de sementes de plantas daninhas entre diferentes camadas de solo, exceto para o papuã no monocultivo de sorgo. O monocultivo de sorgo, sem aplicação de herbicidas em pós-emergência, em terras baixas incrementa o banco de sementes de capim-arroz e papuã.

Autor: Francisco de Assis Pujol Goulart, Andre Andres, Dirceu Agostinetto, Maicon Fernando Schmitz, Matheus Bastos Martins

Veja na integra clicando aqui.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink