Leite, tem que ser leite!

Por: Cons. Científico Agricultura Sustentável
59 acessos

Por Roberta Züge; membro do Conselho Científico Agro Sustentável (CCAS); Vice-Presidente do Sindicato dos Médicos Veterinários do Paraná (SINDIVET); Médica Veterinária Doutora pela Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da Universidade de São Paulo (FMVZ/USP); Sócia da Ceres Qualidade. 

Foi publicado um artigo na revista American Journal of Clinical Nutrition evidenciando que crianças com dietas restritas de leite bovino quando há substituição por alternativas vegetais (soja, amêndoas ou arroz) são ligeiramente menores do que seus pares que bebem leite de vaca. Este estudo demonstrou que a cada copo diário de leite de vaca, substituído por vegetais, diminui 0,4cm em relação à média para a idade da criança.

Demonstrou-se que uma criança de 3 anos que consumia três xícaras de substitutos vegetais, em relação ao leite de vaca era, em média, 1,5 centímetros menor que outra sem a restrição. Segundo pesquisador, para uma criança de 3 anos, 1,5cm é uma diferença bem considerável.

Para o estudo foram avaliadas 5.034 crianças canadenses saudáveis com idade entre 2 e 6 anos de idade, com uma média de 38 meses de idade. Destes 51% eram de meninos.

Dos participantes, cerca de 5% bebiam exclusivamente substitutos vegetais, e cerca de 84% bebiam apenas leite de vaca. Fato também identificado que quanto maior a substituição do leite bovino pelas alternativas vegetais maior era a diferença de tamanho em relação aos que bebiam o leite convencional.

Infelizmente, há muitas ondas e pessoas que influenciam negativamente pais que pensam fornecer alimentos de qualidade a seus filhos. Este impacto, na primeira infância, não será corrigido posteriormente.

O leite de vaca, além de ser mais saudável, ainda tem um custo menor. Substituir é uma alternativa negativa ao desenvolvimento e saúde das crianças, assim como, do bolso.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink