A importância do manejo preventivo
CI
Imagem: Pixabay
AGRICULTURA

A importância do manejo preventivo

A prática do controle preventivo visa impedir a disseminação de determinadas espécies em áreas ainda não infestadas
Por:

Segundo estudo da Embrapa, prática do controle preventivo visa impedir a introdução, o estabelecimento e a disseminação de determinadas espécies em áreas ainda não infestadas. A legislação nacional estabelece limites para sementes de espécies daninhas toleradas e determina as espécies proibidas nas sementes comerciais. Isso evita que novas áreas sejam contaminadas pela utilização de sementes com propágulos de plantas daninhas, especialmente daquelas de difícil controle. Além disso, outros cuidados são necessários, como:

• Evitar o uso de esterco, palha ou compostos que conte nham propágulos de plantas daninhas.

• Fazer a limpeza completa dos equipamentos agrícolas an tes de entrar na lavoura ou após sua utilização em talhões onde existam espécies-problema.

• Efetuar o controle dessas plantas nas proximidades das margens de carreadores.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.