Agroenergia – Variedades de mamona IAC 2028 e IAC Guarani

Agronegócio

Agroenergia – Variedades de mamona IAC 2028 e IAC Guarani

De ciclo precoce, em torno de 150 a 180 dias, a IAC 2028 é de porte baixo, com no máximo 180 cm, e viabiliza a colheita mecanizada
Por: -Janice
3877 acessos
A mamona IAC 2028 tem teor de óleo de 47% e alto potencial produtivo. De ciclo precoce, em torno de 150 a 180 dias, a IAC 2028 é de porte baixo, com no máximo 180 cm, e viabiliza a colheita mecanizada. A produtividade média é de 1950 kg/ha, resultado que superou em 15,8% o desempenho da IAC Guarani — uma das variedades mais plantadas no País. A IAC 2028 adapta-se melhor ao cultivo nas regiões Sudeste, Centro-Oeste e em algumas regiões do Nordeste.

As informações são da assessoria de imprensa do Instituto Agronômico (IAC).


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink