Algodão em baixa com o fim da colheita no MT

Agronegócio

Algodão em baixa com o fim da colheita no MT

A safra é menor e nem assim, o preço reagiu
Por:
255 acessos

A colheita do algodão está chegando ao fim em Mato Grosso, o principal estado produtor. A safra é menor e nem assim, o preço reagiu.

As máquinas aproveitam os dias de sol para finalizar a colheita da safra numa propriedade rural em Primavera do Leste, sul de Mato Grosso.

Com mais de 80% da safra colhida a preocupação dos produtores de Mato Grosso é com o preço do algodão. A arroba é comercializada no mesmo valor do ano passado, o que segundo os agricultores não cobre o custo da produção.

“Hoje o custo da produção é em torno de 2.300 dólares, que dá por volta de R$ 4.200 e a nossa receita não dá R$ 4.000”, declara Canísio Froelich, produtor rural.

Por conta dos prejuízos, muitos produtores deixaram de investir no algodão. Só neste ano, a área plantada foi reduzida em 30%.

Uma cooperativa, que é formada por 34 produtores rurais, atualmente apenas 18 mantêm plantações de algodão nas fazendas.

“O que efetivamente tem feito para que o produtor ainda continue foram os investimentos que ele fez na atividade e que precisam ser pagos, e soja não paga conta de algodão. Então existe toda uma estrutura montada que exige que nessa altura haja continuidade da atividade”, diz Hélvio Alberto Fiedler, diretor executivo Unicotton.

Essa semana, em Primavera do Leste, a arroba da pluma de algodão foi negociada por R$ 37.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink