Americanos visitam Nicarágua em busca de café especial

Agronegócio

Americanos visitam Nicarágua em busca de café especial

Por:
162 acessos

Uma delegação de empresários dos Estados Unidos está visitando a Nicarágua para estudar a possibilidade de comprar cafés especiais ou de alta qualidade, de acordo com fontes oficiais. A missão, integrada por representantes de sete companhias torrefadoras e comerciantes dos EUA, visitou fazendas de produção de café nas províncias montanhosas de Jinotega e Matagalpa, disse o presidente executivo do estatal Instituto de Desenvolvimento Rural (IDR), Pedro Haslam.

"Os empresários norte-americanos nos disseram que encontraram um produto de alta qualidade e um país adequado para ter relações comerciais", disse Haslam. A Nicarágua exportou aos EUA 589.871 sacas de 60 quilos de café durante a atual safra 2008/09, por um valor de US$ 102,15 milhões, de acordo com dados do Centro de Trâmites de Exportações (Cetrex). Os EUA é o principal comprador de café da Nicarágua, superando, na ordem, Espanha, Bélgica, Finlândia, Alemanha, Canadá, Suécia, Japão, Itália, Reino Unido e França.

Segundo dados oficiais, na colheita atual, que começou em outubro de 2008 e termina em setembro de 2009, a Nicarágua obteve US$ 203,11 milhões com uma produção de 1,15 milhão de sacas de café.

Exportações caem 14% em julho

As exportações de café da Nicarágua em julho, décimo mês da safra 2008/09, caíram 14%, de 133.817 para 115.184 sacas de 60 quilos, com relação às exportações no mesmo mês do ano anterior, de acordo com o Centro de Exportações do país (Cetrex). De 1º de outubro até julho, as exportações caíram 8,4%, de 1,27 para 1,16 milhão de sacas.

A atual safra teve seu início atrasado e, apesar do grande volume de estoques de café que sobraram da colheita anterior, as projeções gerais permanecem de que o ciclo terminará com uma produção significativamente menor do que a do ano passado. As exportações de café da Nicarágua na safra 2007/08 foram 37% maiores do que na safra anterior, de 1,59 milhão de sacas, contra 1,16 milhão de sacas em 2006/07.

Com reportagem da agência EFE e Dow Jones Newswires, traduzidas e adaptadas pela Equipe CaféPoint.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink