Arroz na merenda escolar: mais do que um prato cheio

Agronegócio

Arroz na merenda escolar: mais do que um prato cheio

Semana Arrozeira de Alegrete visa demonstrar o que há de mais moderno em estudos científicos sobre o arroz e sua qualidade alimentar
Por: -Janice
1622 acessos
Uma das principais ambições da 4ª Semana Arrozeira de Alegrete é demonstrar o que há de mais moderno em estudos científicos sobre o arroz e sua qualidade alimentar. Uma dessas importantes pesquisas foi realizada pela engenheira agrônoma, doutora e professora adjunta da Universidade Federal de Santa Maria, Leila Picolli da Silva, com o apoio do Instituto Riograndense do Arroz (Irga) e Ministério da Educação, onde subprodutos industriais de baixo custo foram utilizados na merenda escolar com bastante sucesso.


Participaram do trabalho estudantes entre 6 e 11 anos de escola pública de Santa Maria, oriundas de famílias de catadores de material reciclável e inclusas no Programa Bolsa-Família. Migrando da alimentação padrão da escola para uma variedade de pratos baseados numa mistura tendo a quirera de arroz como ingrediente principal, foram identificadas melhorias visíveis no perfil corporal e intelectual das crianças e diminuição da agressividade.


A professora Leila Picolli da Silva apresentará os resultados do estudo para merendeiras, nutricionistas, pediatras e profissionais ligados à alimentação escolar em um workshop no dia 30 de maio, às 13:30, no CTG Farroupilha. Para ela, estas profissionais têm importância semelhante às demais no sucesso do ensino:


- Se não houver alimentação adequada, não é possível a professora educar com qualidade. Devemos valorizar as profissionais responsáveis pela comida como parte importante dessa rede – conclui.

As informações são da assessoria de imprensa da Associação dos Arrozeiros de Alegrete.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink