Banco de sementes e viveiro florestal devem produzir 25 mil mudas ao ano

Agronegócio

Banco de sementes e viveiro florestal devem produzir 25 mil mudas ao ano

Por:
241 acessos

Com a meta de produzir cerca de 25 mil mudas nativas do Cerrado, o presidente do Naturatins - Instituto Natureza do Tocantins, Marcelo Falcão Soares, assinou termo de contrato em que cede à Facto - Faculdade Católica do Tocantins, na oportunidade representada pela diretora geral, Ana Beatriz de Oliveira Pretto, equipamentos para a implantação de um banco de sementes e viveiro florestal de espécies nativas na instituição de ensino.

A assinatura do documento aconteceu na tarde desta terça-feira, 18, na sede do Naturatins, em Palmas. Logo após a assinatura, os equipamentos e 45 mil sementes acondicionadas em recipientes apropriados foram encaminhados ao Campus II da Facto, localizado na TO – 010, sentido Palmas/Porto Nacional. A entrega foi acompanhada pela diretora de Recursos Florestais do Naturatins, Elizabeth Brito.

Na assinatura Falcão ressaltou a importância da parceria e reforçou o apoio do órgão em ações desenvolvidas pela instituição que venham contribuir com a troca de experiência entre o órgão e a instituição. “Acreditamos que os frutos desta parceria serão altamente positivos, gerando ganhos para o meio ambiente e qualificando o ensino no nosso Estado”, acrescentou.

Para a diretora, Ana Beatriz, “esta parceria é um ganho importante para a faculdade no que se refere à pesquisa, extensão e ao envolvimento dos alunos”. Destacou ainda o laboratório de Geoprocessamento, instalado nesta terça-feira, e da Casa de Vegetação, ainda sem data prevista para funcionamentos, que contarão com a parceria técnica do Naturatins.

Para a estruturação do banco de sementes, o órgão cedeu um freezer, uma estufa para esterilização e secagem, uma balança, um torno de bancada, um paquímetro (aparelho para medir a espessura da semente, caule e folha), um moto esmeril, uma estante de aço e uma escada de ferro. Além dos equipamentos e das sementes, o órgão também oferecerá suporte técnico durante a produção das mudas. Parceria que atuará de forma compartilhada e integrada para subsidiar ações como recuperação de áreas degradadas aos produtores rurais, pesquisas, ensino e extensão na área de gestão ambiental, florestal e recursos hídricos.

Instalado no Campus II da faculdade, o banco de sementes recebeu nesta primeira etapa 45 mil sementes de 27 espécies, todas nativas do cerrados, bioma predominante no Estado. As sementes também foram doadas pelo órgão ambiental e a previsão de início das atividades é até o final desta semana.

A entrega dos equipamentos é resultado do termo de cooperação firmado em maio deste ano do projeto Ambiente-se em parceria com a faculdade. Dentre as metas estabelecidas no termo destacam-se ações como a implantação do viveiro florestal; estruturação de um banco de sementes, coleta, beneficiamento, análise e armazenamento de sementes de espécies nativas; viabilização de recuperação de áreas degradadas; implementação de laboratório compartilhado de análise ambiental; realização de análise laboratoriais de solos, recursos hídricos, animais e vegetais; implantação de um programa de estágio supervisionado para graduandos da Facto. (Informações da Ascom/Naturatins)


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink