Pesquisa

Bayer e Fundação Chapadão firmam parceria para promover laboratório de pesquisa

Viabilização da parceria será feita via Programa de Pontos, da Rede AgroServices
Por:
108 acessos

A Bayer e a Fundação Chapadão assinaram acordo, nesta quinta-feira (15), durante a realização da 21ª edição da TecnoAgro, para promover a infraestrutura de um laboratório de pesquisa na cidade de Chapadão do Sul (MS). O projeto consiste em uma estação de estudo de solos, que será viabilizada a partir de uma campanha de crowdfunding. Será feita a arrecadação de pontos dos produtores cadastrados no Programa de Pontos da Rede AgroServices e esta pontuação será revertida para a aquisição dos aparelhos de análise.

"Nossa parceria com a Fundação é muito positiva e este é mais um avanço que proporcionamos para a região. Um dos benefícios da criação desta infraestrutura, à medida que o laboratório estiver pronto, é que a Fundação passará a contar com o serviço de análise de solo, atendendo melhor os produtores do norte do Mato Grosso do Sul", explica Rafael Barbiero, consultor de Desenvolvimento de Mercado da Bayer para o Cerrado e idealizador do projeto.

A viabilização da iniciativa representa a conversão de 24 milhões de pontos. "Este número é expressivo, mas sabemos que o produtor é ávido por conhecimento e por acesso a tecnologias, por isso assinamos a parceria e deixaremos claro que este é um benefício pensado para o agricultor", aponta Adriano Loeff, presidente da Fundação Chapadão.

De acordo com Thiago Junqueira, gerente de Estratégia de Clientes da Bayer, ao oficializar esta parceria, o conceito da Rede AgroServices de alavancar o agronegócio brasileiro é colocado em prática. "A Rede tem o objetivo de ligar diferentes stakeholders e quando integramos o produtor rural, os serviços da Bayer e a expertise da Fundação Chapadão, estamos enfatizando que o campo é uma conexão entre vários atores", destaca Junqueira.

Esta infraestrutura está sendo gerada com o objetivo de fomentar trabalhos de agricultura de precisão e favorecer resultados mais rápidos para quem está no campo, visando obter mais produtividade na lavoura. "Quando o laboratório estiver em funcionamento, os participantes do crowdfunding receberão como contrapartida a possibilidade de fazer resgates pelo serviço de análise de solo proporcionais à quantidade de pontos doada, no prazo de até três anos, de acordo com a necessidade de cada propriedade", finaliza Barbiero.

Para obter mais informações a respeito do projeto de crowdfunding, acesse o site: www.redeagroservices.com.br.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink