Boi gordo do Brasil tem maior representatividade

Agronegócio

Boi gordo do Brasil tem maior representatividade

No Brasil, 86% do custo de produção são provenientes do boi gordo. Na Argentina o boi gordo corresponde a 85,7% e nos Estados Unidos a 84,8%
Por:
150 acessos

O JBS-Friboi divulgou recentemente seus resultados do segundo trimestre de 2009. Uma informação que nos chamou a atenção foi a alta participação do boi gordo brasileiro nos custos totais do frigorífico em relação à Argentina e Estados Unidos, localidades das indústrias do JBS.

No Brasil, 86% do custo de produção são provenientes do boi gordo. Na Argentina o boi gordo corresponde a 85,7% e nos Estados Unidos a 84,8%.

Na média do segundo trimestre de 2009, os preços do boi gordo nestes países, em dólares, ficaram em US$39,16/@ no Brasil, US$55,89/@ nos Estados Unidos e US$27,95/@ na Argentina. Veja que mesmo com valor 42% mais alto em relação ao Brasil, o boi gordo dos Estados Unidos ainda representa menos no custo total. O que mais pesa no custo de produção americano parece ser a mão-de-obra, responsável por 9,2% do total, enquanto que no Brasil este item representa 6,0%.

Outros itens do custo de produção interferem na participação do boi gordo sobre os custos totais da indústria, como insumos para processamento e embalagens.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink