Brasil tem segundo maior Índice de Clima Econômico da América Latina

Agronegócio

Brasil tem segundo maior Índice de Clima Econômico da América Latina

O índice brasileiro é 0,9 ponto percentual superior à marca anterior, registrada no mês de abril deste ano, e é o maior desde julho do ano passado, quando a crise financeira internacional começou a se intensificar
Por:
176 acessos

Rio de Janeiro - O Índice de Clima Econômico do Brasil em julho deste ano, elaborado pela Fundação Getulio Vargas (FGV), atingiu a marca de 5,5 pontos, a segunda maior da América Latina, ficando atrás apenas do registrado no Peru. O indicador reflete a opinião de especialistas sobre a situação econômica atual e as expectativas deles em seus países, numa escala de 1 a 9.

O índice brasileiro é 0,9 ponto percentual superior à marca anterior, registrada no mês de abril deste ano, e é o maior desde julho do ano passado, quando a crise financeira internacional começou a se intensificar.

Em relação ao Bric – grupo formado pelo Brasil, pela Rússia, Índia e China –, o índice brasileiro foi o terceiro maior. O país ficou à frente apenas da Rússia, que teve 3,9 pontos, e atrás da Índia (6,7 pontos) e China (5,7 pontos).

Avaliado separadamente, o Índice da Situação Atual alcançou 4,3 pontos, mostrando recuperação depois de registrar 3,7 pontos em abril. Já o Índice de Expectativas alcançou 6,6 pontos, o mais alto dos últimos dois anos, pelo menos.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink