Canavicultores de Aramina e Igarapava ampliam produtividade com equipamentos adquiridos pelo Microbacias

Agronegócio

Canavicultores de Aramina e Igarapava ampliam produtividade com equipamentos adquiridos pelo Microbacias

Produtores da Associação dos Agricultores de Aramina e região receberam um pulverizador tratorizado autopropelido
Por:
675 acessos

Produtores da Associação dos Agricultores de Aramina e região receberam um pulverizador tratorizado autopropelido

Produtores de cana-de-açúcar dos municípios de Aramina e Igarapava poderão ampliar a produtividade, aprimorar o controle de pragas e modernizar as técnicas de comercialização da matéria-prima com a aquisição de equipamentos por meio do Projeto de Desenvolvimento Rural Sustentável – Microbacias II – Acesso ao Mercado, do Governo do Estado de São Paulo.

No dia 26 de dezembro de 2016, os 60 produtores da Associação dos Agricultores de Aramina e região (Agrimina) receberam um pulverizador tratorizado autopropelido, que intensificará o controle da cigarrinha, praga que pode comprometer a qualidade da cana-de-açúcar produzida. O equipamento no valor de R$ 487.890,00, foi adquirido com apoio do governo paulista que investiu R$ 341.523,00 na compra.

Ao entregar o pulverizador, o secretário de Agricultura e Abastecimento, Arnaldo Jardim, enfatizou a importância em apoiar os associados à iniciativa, que se reverterá em benefícios a todos. “Neste período de crise, mais uma vez o Brasil mostrou que a agricultura pode fazer a diferença e resistiu de forma muito acentuada. Se nós dependêssemos apenas da indústria, teríamos uma queda de 10% nos últimos quatro anos. Temos seguido a orientação do governador Geraldo Alckmin, que acredita no setor e está convencido da sua importância na reconstrução do País”, afirmou.

A associação pleiteou ainda um caminhão tanque com capacidade para armazenar quinze mil litros de água, que possibilitará o abastecimento do pulverizador e garantirá ao produtor tratar uma área maior dos canaviais. “Não há tecnologia semelhante disponível aos associados e dificilmente teríamos condições de adquirir esse equipamento sozinhos, mas graças ao apoio do Estado e orientação dos técnicos da Casa da Agricultura, poderemors trazer mais qualidade à produção”, avaliou o presidente da Agrimina, Rodrigo Leandro Julião.

Para o produtor de cana e soja, Eduardo Requi, que é associado à Agrimina desde sua fundação, em 2010, o novo equipamento ampliará muito a produtividade na região. “Hoje em dia, com a tendência de cultivo da cana-de-açúcar de alto porte, nossos tratores são muito pequenos e não conseguem entrar nos canaviais. Equipado com alta tecnologia e GPS, esse pulverizador irá gerar economia aos produtores rurais, especialmente com a aquisição do caminhão tanque, que irá complementar o funcionamento da máquina que recebemos hoje”, explicou.

Além do apoio de mais de R$ 600 mil para a compra dos equipamentos pela Agrimina, a prefeitura do município de Aramina receberá R$ 697.055,42 do governo paulista para recuperar um trecho de 13,60 quilômetros da Estrada José Alves Pereira (AMN 040). O recurso foi liberado graças a um dispositivo do Projeto Microbacias II, que possibilita à administração dos municípios onde se localizam as organizações beneficiadas pleitear as obras, com o objetivo de facilitar o escoamento da produção agrícola.

De acordo com o diretor do Escritório de Desenvolvimento Rural (EDR) de Orlândia, Paulo Leão, “graças à proposta, o município também foi beneficiado com a adequação dos trechos críticos de estradas rurais, totalizando R$1,3 milhão em melhorias para a agricultura e para a população do município e da região”, disse.  

A prefeita eleita de Aramina, Dalva Aparecida Pierazo Rodrigues, acredita que a recuperação da estrada é importante para a melhoria de qualidade de vida da população. “Sem dúvida, facilitará o escoamento agrícola, visto que muitas propriedades estão localizadas nessa via. Além disso, atenderá o transporte escolar, integrará o acesso do nosso município à Miguelópolis e ao Hospital do Câncer de Barretos, agilizando o transporte de pacientes em 60 quilômetros”, explicou.

Também participaram da entrega o vice-prefeito de Aramina, Marco Antonio Nascimento; o presidente da Câmara Municipal, Saulo Batista; o prefeito eleito de Igarapava, José Ricardo  Mattar; o presidente do Sindicato Rural de Igarapava, Anselmo de Paula Barbosa; o  vereador de Buritizal, Rafael Caliman; e o diretor do Escritório de Defesa Agropecuária (EDA) de Orlândia, José Girard.

Igarapava

Na mesma data, os 25 produtores da Associação de Lavradores e Fornecedores de Cana de Igarapava, (Alfoci) receberam uma colhedora de cana-de-açúcar e um trator para rebocar o transbordo, que possibilitará a colheita no momento adequado e trará melhores condições para a comercialização, agregando valor e renda aos agricultores. O equipamento, adquirido por meio do Microbacias II pelo valor de R$ 1.042.000,00, teve o apoio de R$ 736.400,00 do governo paulista.

A associação também está pleiteando um reboque de transbordo de cana picada, computador e impressora para melhorar as atividades da organização e atrair novos associados. As novas aquisições, no valor de R$ 89.804,00 terão a o apoio de R$ 62.862,80 por parte do Microbacias II. A iniciativa propiciará ainda a liberação de R$ 623.453,65 do governo paulista para a recuperação de 10,55 quilômetros das estradas rurais IGP 267, IGP 118 e IGP 110 pela administração municipal.

Sobre o Microbacias II

O projeto do Governo do Estado de São Paulo é executado pela Secretaria de Agricultura e Abastecimento, por meio da Coordenadoria de Assistência Técnica Integral (Cati) e e pela Secretaria do Meio Ambiente, por meio da Coordenadoria de Biodiversidade e Recursos Naturais (CBRN).


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink