Caracu vai a Expointer depois de 11 anos de ausência

Agronegócio

Caracu vai a Expointer depois de 11 anos de ausência

A raça quer mostrar o potencial de produção de carne tipo premium para mercados exigentes e que pagam melhor
Por: -Janice
384 acessos

A raça Caracu participa da Expointer 2009 depois de 11 anos afastada. O retorno conta com a presença de 18 exemplares de cabanheiros renomados parananenses, principalmente de Palmas (PR). A feira internacional será realizada em Esteio (RS), nos dias 29 de agosto a 6 de setembro, no Parque Estadual de Exposições Assis Brasil. “Incluímos a volta da raça como um dos maiores destaques da feira, principalmente porque estamos em meio a uma turbulência econômica e eles apostaram na feira neste período”, ressalta o coordenador técnico da Expointer, José Artur de Abreu Martins.

A presença da raça também será marcada pela apresentação de um estudo sobre o controle do carrapato desenvolvido pelo pesquisador do Instituto Agronômico do Paraná (Iapar) Daniel Perotto. “O carrapato é um problema no sul do País que provoca gastos consideráveis para o pecuarista e pode até mesmo inviabilizar a atividade. O Caracu apresentou forte resistência contra este parasita e vamos debater como a raça pode ser uma opção viável e duradoura para sanar este obstáculos dos rebanhos”, comenta o presidente da Associação Brasileira de Criadores de Caracu (ABCCaracu), Guaraci Campos Araújo.

Os animais que vão à mostra participam do programa Igenity de marcadores moleculares, da empresa Merial. Os primeiros resultados dos testes já indicam que a população Caracu submetida ao programa apresenta scores de maciez parelhos aos animais de raças britânicas. A utilização de marcadores é a principal ferramenta do projeto Caracu Golden Beef para mercados exigentes - produção de carne tipo premium com cruza Caracu.

Os exemplares Caracu entram no parque dia 28 de agosto e vão à julgamento dia 30, partir das 14 horas, na pista 5.

A Expointer 2009 trará o total geral de 6.137 exemplares inscritos, entre 167 raças de animais. Os indicadores de animais participantes estão sendo considerados bastante satisfatórios levando em conta a crise econômica mundial que ocorreu logo após a Expointer 2008.

A maior parte dos expositores é de animais – 1229 do total de 2200. O restante é de representantes de empresas de produtos agropecuários, bancos, automóveis, artesanatos e máquinas e implementos agrícolas. As informações são da assessoria de imprensa da Associação Brasileira de Criadores de Caracu.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink