Chuvas fora de época limitam queda de preços para o feijão

Agronegócio

Chuvas fora de época limitam queda de preços para o feijão

Por:
254 acessos

Diante da continuidade das sobras de feijão neste mês de agosto no atacado paulista, os preços aos produtores retornaram para níveis bem abaixo do patamar mínimo de garantia governamental, estabelecido em R$ 80/saca. O mercado do carioca em Goiás continua limitado a cerca de R$ 70/saca para o melhor padrão, já que no atacado paulista o tipo extra oscila entre R$ 78 a R$ 80/saca. Por falta de novos recursos, a ausência de participação da Conab nas compras diretas (AGF) acabou colaborando para a nova derrocada de preços nas últimas semanas. Mas o principal motivo para os baixos preços no País continua sendo a discrepância entre oferta e demanda do grão. A disponibilidade de feijão carioca e preto no atacado paulista permanece consideravelmente acima do interesse de compras. A demanda mantém-se fraca, com as ofertas recuando de forma muito lenta. Mas as chuvas fora de época nas regiões de terceira safra acabaram contribuindo bastante para uma retração da disponibilidade nesta semana.

No acumulado desta semana, a oferta de carioca na Bolsinha/SP somou 36.700 sacas, contra 53.830 sacas no mesmo período da semana passada. Já o interesse de compras melhorou um pouco, passando de 15.230 sacas da semana passada para 17.700 sacas nesta. De qualquer maneira, a relação entre demanda e oferta ainda oscila ao redor de 47%, o que é um índice muito fraco para gerar qualquer alteração significativa no atual panorama de preços aos produtores. Uma eventual continuidade das chuvas nas áreas de produção, sem dúvida, poderia promover algum movimento especulativo de preços nos próximos dias. Mas as previsões meteorológicas sinalizam uma redução das chuvas já no curto prazo, inclusive em Goiás e em Minas Gerais, o que não oferece tanto otimismo ao mercado. Na Bahia e no Paraná, o carioca também oscila próximo da média de R$ 70/saca.

Veja tabela de dados no site (http://www.faeg.com.br/index.php?option=com_content&view=article&id=3538&Itemid=112 )

A análise de mercado do feijão é realizada diariamente pela Gerência de Estudos Técnicos e Econômicos da Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás (FAEG).

Gerente de Estudos Técnicos e Econômicos: Edson Alves Novaes
Responsável técnico: Adriano Vendeth


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink