Colômbia apresenta primeiro veículo movido a etanol de mandioca

Agronegócio

Colômbia apresenta primeiro veículo movido a etanol de mandioca

O automóvel foi adaptado a partir de um modelo comercial, cujo motor foi modificado para poder utilizar o etanol de mandioca
Por:
182 acessos

CALI, Colômbia — Cientistas do Centro de Pesquisas de Agricultura Tropical da Colômbia (CIAT) apresentaram na sexta-feira (21) um protótipo de veículo movido a etanol de mandioca, que estimam ser uma alternativa viável de combustível não fóssil para a região.

O automóvel foi adaptado a partir de um modelo comercial, cujo motor foi modificado para poder utilizar o etanol de mandioca.

O principal produtor de mandioca da América Latina é o Brasil, com 26,4 milhões de toneladas por ano, equivalentes a 12,5% da produção mundial. O maior produtor do mundo é a Nigéria, com 34,6 milhões de toneladas anuais.

A produção do etanol faz parte de um projeto de três anos desenvolvido pelo CIAT, que busca novos usos para a mandioca, um dos cultivos mais abundantes na América Latina.

O objetivo é obter uma "modificação genética do amido de mandioca para aumentar os açúcares livres", de maneira que se torne mais eficiente para a produção de biocombustíveis, explica Paul Chavarriaga, coordenador do projeto.

A iniciativa pode ser levada para outras regiões tropicais da África e da Ásia, uma vez que as plantações de "mandioca (...) estão espalhadas por todos os continentes" indica o especialista.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink