Conab projeta alta de até 31% na produção do algodão em caroço e pluma no MT

Agronegócio

Conab projeta alta de até 31% na produção do algodão em caroço e pluma no MT

Expectativas são altas para produção da fibra no Estado
Por:
362 acessos

Somente do em caroço, a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) estimou mais de 4,3, milhões de toneladas no último levantamento da safra, divulgado esta semana. A alta chega a 31,4% em relação ao ciclo passado. Já para o em pluma, a perspectiva é aumento de 8,2% pois são esperadas 1,1 milhão de toneladas. A área de cultivo assou de 475 mil hectares para 641 mil, incremento de (+35%).

A Conab detalhou que em Mato Grosso, maior estado produtor, o plantio ocorre em dois períodos. “O da primeira safra, semeado preferencialmente em dezembro e o da segunda safra em janeiro e fevereiro. O plantio nestes períodos tem merecido a preferência dos produtores da Região Centro-Oeste, uma vez que a colheita não coincide com os períodos de chuvas, ocorrências que traz prejuízos à qualidade da pluma”.

A companhia apontou que Mato Grosso é líder no processo produtivo brasileiro e responsável por 56% da produção brasileira de algodão em caroço. “Nesse estado, nota-se de forma acentuada, a tendência acima destacada, de preferência, por parte dos cotonicultores, do plantio do algodão segunda safra, evitando as chuvas que podem coincidir com o período de colheita do algodão primeira safra. A produção em caroço deve chegar a 2.444,9 mil tonelada”.
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink