Cotações da soja no maior patamar em nove meses na bolsa de Chicago

Agronegócio

Cotações da soja no maior patamar em nove meses na bolsa de Chicago

Por:
577 acessos

Para o alta e avante. O enfraquecimento do dólar e a deterioração dos estoques americanos - que deve ser confirmada em relatório desta quarta-feira do Departamento de Agricultura dos EUA (USDA) - levaram as cotações da soja ao maior patamar em nove meses na terça-feira na bolsa de Chicago. Os futuros com vencimento em julho encerraram a sessão negociados a US$ 12,4350 por bushel, alta de 11 centavos de dólar, ao passo que os papéis para agosto subiram 10,75 centavos de dólar e atingiram US$ 11,7725. "O dólar é o maior determinante para a direção dos preços dos grãos", reforçou um trader à agência Bloomberg. Em Rondonópolis (MT), a saca de 60 quilos do grão segue acima de R$ 45, conforme informações do Instituto Mato-grossense de Economia Aplicada (Imea).

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink