CPLA torna-se apta a operar na merenda escolar
CME MILHO (DEZ/20) US$ 4,136 (0,29%)
| Dólar (compra) R$ 5,61 (-0,02%)


Agronegócio

CPLA torna-se apta a operar na merenda escolar

Cooperativa vai buscar firmar convênios
Por: -Marianna
1097 acessos
A Cooperativa da Produção Leiteira de Alagoas (CPLA) atingiu o número de 140 filiações de pequenos agricultores ligados à agricultura familiar. Isso faz com que o setor se fortaleça e a cooperativa tenha base jurídica para concretizar a inserção do leite na merenda escolar de todo Estado. Conforme regulamentou o governo federal, 30% dos recursos repassados pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) para compra da merenda escolar devem ser provenientes da agricultura familiar.

Agora com a Declaração de Aptidão ao Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar – Pronaf - (DAP) a Cooperativa da Produção Leiteira vai buscar firmar mais convênios. O presidente da CPLA, Aldemar Monteiro, lembrou que no processo de esclarecimento a intervenção do Sebrae e do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) estão sendo de fundamental importância.

“Estamos comemorando uma conquista. Além de termos dados concretos de boa parte da produção do Estado, com a filiação dos pequenos produtores, vamos garantir o escoamento dessa produção com preço justo. É vantagem para o produtor e para as escolas que vão encontrar produto de qualidade e economizar”, ressaltou.

O presidente da CPLA revelou que a diretoria da Escola Estadual Julieta Ramos Pereira, do município de Paripueira, Lenir Freitas, já procurou a cooperativa e vai firmar parceria com a unidade. “Começaremos a operar junto a essa unidade escolar com a venda de bebida láctea daqui a alguns dias. Tenho certeza que o atrativo foi o melhor preço. Com o convênio a diretora revelou que vai economizar pelo menos 20% do que gastava na compra do alimento”, informou.

E a cooperativa vai participar de outra rodada de negócio no próximo dia 09. Entidades ligadas à agricultura familiar vão se reunir no auditório do Sebrae, às 9h em Maceió, com diretoras das escolas municipais de Maceió e estaduais da capital para debater com consultores do Sebrae e um representante do MDA os caminhos para fazer cumprir a Lei 11.947, que determina a utilização de pelo menos 30% do recurso para compra da merenda no fomento da agricultura familiar.

As informações são da assessoria de imprensa da Cooperativa da Produção Leiteira de Alagoas.

Anúncios que podem lhe interessar


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink