Credores serão orientados sobre os riscos do Plano de Recuperação

Agronegócio

Credores serão orientados sobre os riscos do Plano de Recuperação

A Famato vai percorrer mais de 10 municípios mato-grossenses, onde se concentra o maior número de credores
134 acessos

Para alertar e esclarecer os produtores credores do frigorífico Independência/Nova Carne, a Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato) vai percorrer mais de 10 municípios mato-grossenses, onde se concentra o maior número de credores.

Além de indicar os pontos prejudiciais do Plano de Recuperação Judicial apresentado pela empresa, a entidade vai alertar os pecuaristas sobre os riscos que eles correm, no caso de assinar uma procuração que está sendo apresentada por um representante do Independência. “Esta procuração dá poderes a um representante direto do frigorífico Independência de decidir pelo produtor, condicionando sua posição favoravelmente ao plano apresentado pelo grupo. Essa é uma ação de má-fé”, disse Marcos da Rosa, presidente da comissão de credores da Famato.

Além disso, a assessoria jurídica da Federação prepara medida judicial para coibir esta ação ilegal, já que, estando em processo de recuperação judicial, com o plano de recuperação devidamente ajuizado, a empresa não poder agir de foram extraoficial no sentido de cooptar produtores através de procurações.

“Este é um momento delicado para o setor da pecuária frente à crise que atinge a indústria frigorífica, com alguns grupos em processo de recuperação judicial, por isso é um momento em que o setor precisa estar forte e unido para mais um enfrentamento”, disse o presidente da Famato, Rui Prado.

As visitas aos municípios do interior serão realizadas já na próxima semana.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink