É possível um mundo 100% orgânico?

ANÁLISE DE ESPECIALISTAS

É possível um mundo 100% orgânico?

Especialistas discordam da possibilidade
Por: -Leonardo Gottems
478 acessos

Existe uma região no mundo que alcançou 100% de status orgânico. Em Sikkim, um estado no norte da Índia, na fronteira com o Butão, Nepal e China, o governo proibiu completamente o uso de fertilizantes sintéticos e pesticidas nos campos de arroz e milho que povoam o entorno dos Himalaias. 

Antes disso, havia a cerca de uma década integrando práticas agrícolas que andam lado a lado com a sustentabilidade. O governo regional garante que sua experiência seja um "roteiro" para alcançar um planeta 100% orgânico, mas nem todos concordam que o mundo inteiro poderia, ou deveria, seguir seu exemplo. 

Sem dúvida, o setor de turismo se beneficiou: o número de visitantes dobrou desde 2014. "As pessoas vêm de cidades ou países estrangeiros, porque eles querem viver em casas de família em pequenas aldeias para desfrutar do ar limpo dos Himalaias e comer alimentos orgânicos", diz Prem Das Rai, da câmara baixa do Parlamento da Índia. 

A agricultura em Sikkim é o sustento de aproximadamente 80% da população. Depende dela seu trabalho e sua comida. "A agricultura biológica é benéfica para os agricultores porque tem custos mais baixos [com pesticidas, fertilizantes e combustível] em comparação com os métodos quimicamente intensivos da agricultura convencional", diz Rai. 

No entanto, o Dr. John Paull, da Escola de Terras e Alimentos da Universidade da Tasmânia (Austrália), diz que a agricultura que usa produtos químicos é ambientalmente insustentável e que tem um impacto na segurança alimentar. "Se continuarmos no caminho em que estamos agora, para reduzir a base de alimentos reduzindo as colheitas e a diversidade genética, criaremos uma insegurança a ser paga no futuro", indica. 

Além disso, cientistas de universidades como Stanford ou Cornell (ambos nos Estados Unidos) questionaram a ideia de que os alimentos orgânicos são mais benéficos para a saúde humana ou para o meio ambiente. Além disso, a agricultura orgânica requer mais terra do que a química, devido aos seus baixos rendimentos e, converter todas as culturas em orgânicas, portanto, aumentaria ainda mais a demanda por terra, o que pode levar ao desmatamento. 


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink