Embrapa e IPEP organizam primeiro dia de campo para agronegócio

Agronegócio

Embrapa e IPEP organizam primeiro dia de campo para agronegócio

Espera-se que mais de cinqüenta pessoas participem do primeiro dia de campo
Por:
1 acessos

Espera-se que mais de cinqüenta pessoas participem do primeiro dia de campo " Rede de referência de produção agroecológica do sul do Rio Grande do Sul", neste dia 1o de abril, na sede do Instituto de Permacultura e Ecovilas da Pampa-IPEP, em Bagé(RS), promovido em parceria pela Embrapa Pecuária Sul (Bagé – RS), unidade de pesquisa da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa, vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

A atividade começa às 9h e terá a representação da Embrapa Clima Temperado (Pelotas – RS), a Emater/RS, a Cooperal/Coptec/Bionatur, o Centro de Tecnologias Alternativas e Populares e a Universidade Federal de Pelotas - Departamento de Ciências Agrárias, da Faculdade de Agronomia Eliseu Maciel.

Dentro da programação está previsto a apresentação geral do trabalho desenvolvido pelo IPEP, e após a mostra de alternativas de manejo de arroz integrado das culturas de azola (planta aquática), de peixe e de marrecos. Além disso, outros cultivos consorciados serão apresentados paralelamente a fontes de geração de energia renovável.

O IPEP é um forte parceiro da Embrapa, através do desenvolvimento do projeto "Formação de Rede de Referência sobre Produção Agroecológica no âmbito da Agropecuária Familiar da região Sul do Rio Grande do Sul", sob a liderança do pesquisador Marcos Flávio Borba.

Segundo o pesquisador da Embrapa, Marcos Flávio Borba, médico- veterinário e doutor em agroecologia e desenvolvimento sustentável, no âmbito da Rede de produção agroecológica o IPEP é uma referência em bioconstrução, resgate e preservação de material genético(sementes crioulas) e desenho de estratégias sustentáveis de produção agrícola.

"Este dia de campo será o primeiro organizado por esta parceria e terá como objetivo principal a divulgação, para membros da Rede, de um sistema de produção diversificado de rizipiscicultura incluindo marrecos e plantas aquáticas", explicou.

Como objetivos secundários estarão sendo divulgados estratégias alternativas de produção de energia e técnicas sustentáveis de construção. O dia de campo termina às 17h e o IPEP fica localizado à Estrada Higienópolis, 17, atrás da Cohab. Maiores informações pelo fone (53) 241-0665 ou www.permacultura.org.br.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink