Evolução de preços do frango: abatido perde menos que o vivo
CI
Agronegócio

Evolução de preços do frango: abatido perde menos que o vivo

Foi no início da terceira semana de dezembro de 2011 que o mercado do frango começou a emitir os primeiros sinais de saturação
Por:
Foi no início da terceira semana de dezembro de 2011 que o mercado do frango começou a emitir os primeiros sinais de saturação. Na terça-feira, 13, o abatido resfriado – que havia encerrado a semana anterior com preço médio de R$2,98/kg (valor já inferior ao recorde registrado em parte de novembro, R$3,04/kg na média), apresentou a primeira baixa do mês. Uma semana depois o mercado de frango vivo seria contaminado e, a partir daí, as baixas não cessaram.


Desde então e até a última sexta-feira, 20, o frango vivo comercializado no interior paulista perdeu 31,8% do preço que registrava à véspera do início das quedas (R$2,20/kg em 12 de dezembro). Já o frango abatido (grande atacado da cidade de São Paulo) fechou a semana registrando perda de 24,7% do valor registrado 40 dias antes.


O fato de, a despeito da alta perda enfrentada, o preço do frango abatido ter recuado menos que o da ave viva confirma que o mercado independente de frangos vivos tornou-se regulador do mercado de abatidos. Ou seja, serve de válvula de escape no momento em que ocorre saturação no mercado atacadista, minimizando (ou pelo menos reduzindo) as perdas decorrentes no desequilíbrio de oferta da ave abatida. Dessa forma, o frango vivo perde preço independente de sua produção vir equilibrada.


Em outras palavras, é bem provável que as reduções enfrentadas pelo frango vivo não fossem tão sensíveis se a oferta continuasse restrita a produto específico desse mercado. Por outro lado, porém, o ocorrido também indica que a correção dos rumos do frango abatido está na dependência, apenas, das empresas que criam e abatem. Pois é aí que se origina, hoje, o grosso da oferta.


O curioso: na última sexta-feira o valor mínimo registrado pelo frango resfriado no atacado paulista foi inferior ao valor alcançado pelo frango vivo pouco mais de 30 dias atrás, R$2,20/kg.




Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.