Expointer abre neste sábado com otimista previsão de negócios

Agronegócio

Expointer abre neste sábado com otimista previsão de negócios

O otimismo está amparado na oferta de crédito para o evento. O BBl terá R$ 200 mi disponíveis para os nove dias de atividade na feira
Por:
524 acessos

Com clima otimista para os negócios, apesar da frustração com os atuais preços agrícolas, a 32ª Exposição Internacional de Animais, Máquinas, Implementos e Produtos Agropecuários (Expointer) começa neste sábado (29) em Esteio, a 17 quilômetros da capital gaúcha. Foram inscritos 6.137 animais para a mostra, que funciona como uma vitrine da produção pecuária e introduz a temporada de leilões de primavera no Estado.

Deste total de inscritos, 191 suínos não serão levados à feira, que decidiu excluir a participação dos animais por causa dos riscos da gripe A (H1N1). A Expointer é uma feira de grande público - na edição passada foram 740 mil visitantes - e a Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) confirmou casos de transmissão da doença de humanos para suínos.

O otimismo está amparado na oferta de crédito para o evento. O Banco do Brasil, principal agente financeiro, terá R$ 200 milhões disponíveis para os nove dias de atividade na feira, R$ 50 milhões a mais que na edição anterior. O Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) terá R$ 100 milhões e o Banrisul, R$ 95 milhões. O Sindicato das Indústrias de Máquinas e Implementos Agrícolas (Simers) espera pelo menos a repetição das vendas de 2008, que somaram o recorde de R$ 370 milhões. A Expointer do ano passado ocorreu antes do agravamento da crise financeira mundial, a partir de setembro.

O presidente do Simers, Cláudio Bier, lembra que dois fatores estimulam os negócios: o programa Mais Alimentos - lançado em julho de 2008, que financia a compra de tratores e implementos - e a redução de juros no Finame Agrícola, de 10% para 4,5% ao ano Segundo o Ministério de Desenvolvimento Agrário, o Mais Alimentos financiou a venda de 14,3 mil tratores de até 78 cavalos de potência entre julho de 2008 e o mesmo mês de 2009.

Se a oferta de crédito parece recuperada, o produtor demonstra cautela com a contratação de dívidas. Os preços agrícolas em baixa recomendam cautela ao produtor, observa o presidente da Comissão de Grãos da Federação da Agricultura do Estado (Farsul), Jorge Rodrigues. As baixas são lideradas pelo milho, que nesta semana foi cotado, em média, por R$ 16,97/saca no Rio Grande do Sul, segundo levantamento da Emater. O preço é 24,54% inferior ao recebido pelos produtores no ano passado. Na mesma comparação, a cotação da saca de trigo está 19,10% menor. A saca de arroz teve preço médio de R$ 27,07 nesta semana, ante R$ 33,37 no ano passado.

Dos quase 6 mil animais inscritos, sempre há uma redução entre os que efetivamente são transportados até a feira. O ingresso de animais no parque de exposições Assis Brasil, onde ocorre a Expointer, começou na segunda-feira (24). A mostra deste ano não enfrenta as restrições sanitárias que em anos recentes impediram a participação de outros Estados - após a ocorrência de aftosa no Mato Grosso do Sul e Paraná. Foram inscritos 632 animais de oito Estados (fora o Rio Grande do Sul) e cinco do exterior (Argentina e Uruguai). A venda de animais movimentou R$ 10,561 milhões na edição passada.

Dentro da programação da Expointer, já se tornou habitual uma reunião ordinária da Câmara Setorial de Culturas de Inverno. O encontro deste ano será na terça-feira (1º), às 14 horas. Junto com palestras técnicas, debates e lançamento de produtos, a Expointer sempre reproduz as principais polêmicas do setor. A mais recente é a atualização dos índices de produtividade das terras - que definem se uma área pode ser ou não desapropriada para reforma agrária -, que opõe pecuaristas e movimentos sociais.

No último dia 18, o ministro do Desenvolvimento Agrário, Guilherme Cassel, estimou que a portaria com os novos índices deveria sair dentro de 15 dias. O ministro entregou o texto ao colega da Agricultura, Reinhold Stephanes. Os dois estarão na Expointer no fim de semana participando de eventos diferentes. No sábado, Cassel terá um debate sobre sustentabilidade no qual também está prevista a presença do deputado federal Ronaldo Caiado (DEM-GO). No Domingo (30), Stephanes visitará a feira a partir das 11h30. A Expointer termina no dia 6 de setembro.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink