Exportações do agro caem 19% em dezembro
CI
Imagem: Divulgação
ECONOMIA

Exportações do agro caem 19% em dezembro

As maiores quedas foram na soja, arroz e animais vivos
Por: -Eliza Maliszewski

O Ministério da Economia divulgou os números da balança comercial brasileira referentes à quarta semana de dezembro de 2020. Foi registrado superávit de US$ 1,856 bilhão. As exportações atingiram US$ 3,913 bilhões e as importações, US$ 2,057 bilhões.

No mês as exportações caíram 2,8%, em relação ao mês de dezembro do ano passado, somando US$ 15,42 bilhões. Já as importações cresceram 50,7% e totalizaram US$ 16,22 bilhões. Assim, a balança comercial registrou déficit de US$ 801 milhões, com queda de 115,7%, enquanto a corrente de comércio aumentou 18,8%, alcançando US$ 31,63 bilhões.

O recuo das exportações foi puxado por retrações de 19,1% na agropecuária, que somou US$ 2,07 bilhões e de 10,3% em indústria extrativa, que chegou a US$ 3,83 bilhões. Já a indústria de transformação alcançou US$ 9,45 bilhões, com crescimento de 5,4%. As principais baixas nas exportações do agro foram de animais vivos, não incluídos pescados ou crustáceos (-34,2%), arroz com casca, paddy ou em bruto (-99,5%) e soja (-91,0%). 

Nas importações, até a quarta semana do mês, o aumento foi impulsionado pelo crescimento de 62,1% em indústria de transformação, que alcançou US$ 15,42 bilhões, com destaque para plataformas, embarcações e outras estruturas flutuantes (+13.724,1%), além de aeronaves e outros equipamentos, incluindo suas partes (+155,4%) e medicamentos e produtos farmacêuticos, exceto veterinários (+65,9%).

A agropecuária registrou queda de 3,9% nas compras externas, somando US$ 349,97 milhões até a quarta semana do mês, com destaque para as baixas em trigo e centeio não moídos (-47,5%), cevada não moída (-74,4%) e produtos hortícolas, frescos ou refrigerados (-41,3%). Por outro lado, as compras de arroz com casca, paddy ou em bruto (+1.281,2%), cacau em bruto ou torrado (+240.952,6%) e soja (+612,6%) contribuíram para o aumento geral das importações do país no período. 
 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink