Falta de ameaças iminentes para as plantações de laranja da Flórida

Agronegócio

Falta de ameaças iminentes para as plantações de laranja da Flórida

Por:
307 acessos

Sem ameaça na lavoura. A falta de ameaças iminentes para as plantações de laranja da Flórida, Estado que concentra o segundo maior parque citrícola do mundo, foi ontem um dos fatores para a baixa do preço do suco de laranja concentrado e congelado. O cenário, que já era "baixista" na sessão, foi completado ainda por quedas em outros mercados, como petróleo e bolsas de valores, que motivaram vendas especulativas, disseram analistas à agência Dow Jones Newswires. O dia foi, contudo, de recuos moderados. Em Nova York, os contratos de suco de laranja com vencimento em novembro recuaram 15 pontos, para 94,35 centavos de dólar por libra-peso. No mercado paulista, a caixa de laranja de 40,8 quilos vendida às indústrias foi negociada por R$ 5,50, de acordo com o Cepea/Esalq.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink