Flores da Cunha inaugura mais duas agroindústrias familiares

Agroindústrias

Flores da Cunha inaugura mais duas agroindústrias familiares

Duas agroindústrias familiares foram inauguradas na tarde desta quinta-feira (23/05), no Distrito de Mato Perso, em Flores da Cunha
Por:
97 acessos

Duas agroindústrias familiares? Laticínio Garbin, de empanados de queijos coloniais, e Geni Zamboni, de farináceos - foram inauguradas na tarde desta quinta-feira (23/05), no Distrito de Mato Perso, em Flores da Cunha. Ambas contam com a atuação de jovens. O ato contou com a presença do presidente da Emater/RS, Geraldo Sandri, do prefeito do município que completou 95 anos de emancipação, Lídio Scortegagna, da coordenadora regional da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr), Lucimar Rodrigues, e de autoridades locais.

Com estes novos empreendimentos, Flores da Cunha passa a contar com oito agroindústrias pertencentes ao Programa Estadual de Agroindústria Familiar (Peaf). Esta foi a primeira inauguração de agroindústrias que o presidente da Emater/RS, há pouco mais de um mês no cargo, participou. Sandri parabenizou o município pelo espírito empreendedor e afirmou que é preciso apostar nos jovens. ?Se incentivados, motivados, são eles que vão levar esses municípios, o Estado e o Brasil adiante?, frisou. O presidente lembrou que a sucessão no meio rural é um dos focos de trabalho da Extensão Rural e Social e que quando há parceria entre as entidades, como ocorre em Flores da Cunha, dando incentivo, apoio e orientação, tudo fica mais fácil, os municípios crescem e se tem resultados. 

O prefeito de Flores da Cunha também reforçou a importância da integração entre as entidades, trabalhando com objetivos comuns para o desenvolvimento do município, e destacou os projetos e incentivos do município para a sucessão rural. ?Estamos aqui entregando essas agroindústrias que certamente vão inspirar outras a acreditarem que é possível ser empreendedor, é possível produzir no meio rural e fazer com que o nosso município cresça cada vez mais em parceria com todas as entidades?, declarou. 

As agroindústrias

Latícinio Garbin - O empreendimento localizado na comunidade de São Vitor, em Mato Perso, pertence à família Garbin, e produz empanados de queijos coloniais. É a primeira a ser registrada em Flores da Cunha no Serviço de Inspeção Municipal (SIM). ?A partir desse registro a gente mudou o nosso modo de trabalhar, a gente buscou ter melhor qualidade, desde a alimentação dos animais, na sala de ordenha, até o nosso produto final que é entregue aos clientes. E foi com a ajuda da Emater que a gente conseguiu, há pouco tempo, se enquadrar no Selo Sabor Gaúcho, podendo participar de feiras para expor e vender nossos produtos, além de outros benefícios?, ressaltou a jovem Elisa Garbin, que atua no empreendimento juntamente com os pais e dois irmãos. 

?É gratificante estar inaugurando a agroindústria, pois nós esperamos e batalhamos muito por isso?, declara Maria, mãe de Elisa. Para ela, se os filhos não tivessem acreditado no sonho da família, já teriam ido para a cidade. Além de possibilitar a sucessão rural e a agregação de renda, a legalização do empreendimento facilita a venda e a ampliação do mercado do produto, que hoje é fornecido para restaurantes. 

Geni Zamboni - O empreendimento localizado na comunidade de Santa Juliana, em Mato Perso, pertence à família Zamboni, que elabora produtos farináceos, como pães, grostoli e biscoitos, que são vendidos diretamente para os consumidores, e tortas, doces e salgados para festas e eventos. 

A jovem Suzana atua no empreendimento juntamente com a mãe, Geni, e mais três irmãos. Ela conta que saiu para estudar e se formar chef de cozinha, voltando para montar a agroindústria, atividade com a qual gostam de trabalhar e que possibilita o aumento da renda da família, que também cultiva frutíferas. 

Suzana agradeceu a Prefeitura, a Emater/RS-Ascar, a família e todos que ajudaram. ?Esse dia pra nós é uma grande honra, foi um passo bem grande dado, nunca imaginamos chegar até aqui, mas conseguimos, com o emprenho de todos. Derrubamos muitas barreiras, mas conseguimos e estamos muito felizes?, salientou. Após a inauguração, o público presente pode degustar e comprovar a qualidade dos produtos das duas agroindústrias.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink