Frutal Cone Sul define programação técnica

Agronegócio

Frutal Cone Sul define programação técnica

O Frutal Cone Sul se realizará de 05 a 07 de novembro, no parque de eventos da Fenavinho, em Bento Gonçalves
Por: -Janice
171 acessos
Em uma manhã de muitas explanações e debates, os participantes da reunião que definiu as diretrizes técnicas do Frutal Cone Sul apontaram e decidiram temas estratégicos da fruticultura, floricultura e agroindústria. Técnicos, pesquisadores, assessores de imprensa e gestores de mais de 30 instituições parceiras do evento marcaram presença e avalizaram apoio à realização do evento na última terça-feira, no auditório da Emater/RS-Ascar, em Porto Alegre.

O presidente do Instituto Frutal, Euvaldo Bringel Olinda, acompanhado do deputado Federal Afonso Hamm e do prefeito do município de Bento Gonçalves, Roberto Lunelli, além do chefe de gabinete do Secretário da Agricultura do Estado, Paulo Lipp João, e do presidente da Emater/RS-Ascar, Mário Ribas Nascimento, abriram a manhã de trabalhos que reuniu mais de 50 participantes.

Representantes do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, da Embrapa Uva e Vinho e Clima Temperado, Farsul, Fepagro, Rede de Cooperação Entreflores, Instituto Brasileiro do Vinho, Universidade de Caxias do Sul, BRDE, Universidade Federal de Pelotas, Sintargs, Banco do Brasil, Ceasa/RS, Comitê de Fruticultura da Metade Sul, Sindicato da Indústria da Alimentação, SEBRAE, Sociedade de Agronomia do RS, Sindicato dos Engenheiros do RS entre outros, conduzidos pelo diretor técnico do Instituto Frutal, Antonio Erildo Lemos Pontes, debateram temas de interesse da região que gerou a grade técnica do Frutal Cone Sul. O formato da programação é baseado no modelo já aplicado há 16 anos, em 20 edições do evento Frutal, realizadas com sucesso pelo Instituto Frutal no Norte e no Nordeste do Brasil.

Entre as principais temas selecionados estão a Gestão do Negócio Rural com ênfase na comercialização, Beneficiamento e Processamento de Frutas, Sucos e Polpas, Irrigação e Fertirrigação, além da Produção de Flores e Plantas Ornamentais.

Hamm, que também é presidente da Frente Parlamentar da Fruticultura, destacou a existência de novas regiões produtoras do Estado, reforçando a importância da realização do Frutal Cone Sul. O deputado federal também anunciou a liberação de R$ 300 mil para a realização de 10 eventos técnicos na área da fruticultura, pela Emater/RS-Ascar. O presidente Nascimento reforçou o apoio da instituição à realização do Frutal Cone Sul e demonstrou o interesse na mobilização estadual. “Vamos incentivar a participação dos produtores. As inovações devem ser levadas para dentro das porteiras da propriedade”, observou Nascimento.

O Frutal Cone Sul se realizará de 05 a 07 de novembro, no parque de eventos da Fenavinho, em Bento Gonçalves, e tem o objetivo de dinamizar os setores da fruticultura, floricultura e agroindústria dos três estados do sul do Brasil e países do cone sul, promovendo produtos da região, atraindo novos investimentos e gerando mais emprego e renda em toda cadeia produtiva. O evento é realizado pelo Instituto Frutal, Frente Parlamentar da Fruticultura, prefeitura de Bento Gonçalves e Governo do Estado do RS.

Conheça o Frutal

O Instituto Frutal, com sede em Fortaleza/Ceará, possui uma experiência de 16 anos na realização de eventos de grande porte nas regiões Norte e Nordeste do Brasil, como a Semana Internacional da Fruticultura, Floricultura e Agroindústria (Frutal/Ceará), o Frutal Amazônia/Flor Pará e o Encontro Internacional da Pecuária da Amazônia (Amazonpec). As 16 edições do Frutal/Ceará reuniram 416 mil visitantes de vários países, sendo cerca de 5 mil produtores em caravanas. Foram capacitados mais de 15 mil produtores em 151 cursos técnicos, 229 palestras técnicas, 57 painéis, 47 seminários setoriais, 39 fóruns/encontros/reuniões.

O Estado do Rio Grande do Sul, destaque na produção de frutas, se credenciou para sediar o evento que reunirá em um mesmo espaço conhecimento e negócios. O Frutal Cone Sul será uma nova abordagem compartilhada entre as instituições, associações de produtores e gestores de políticas nas questões tecnológicas e nas definições de novos produtos, processos produtivos e formas de gestão.

O Frutal Cone Sul viabiliza-se graças ao aval da Frente Parlamentar de Fruticultura do Congresso Nacional, Governos dos Estados e instituições de pesquisa e desenvolvimento, além das representações de produtores, em uma grande aliança para mudar o perfil tecnológico e comercial da fruticultura, floricultura e agroindústria do Cone Sul.

O evento reunirá mais de 250 estandes com todos os produtos e serviços da cadeia produtiva da fruticultura, floricultura e agroindústria. Será uma oportunidade de fazer negócios, cativar clientes, apresentar seus produtos na região, para um público previsto de mais de 20 mil pessoas, representando os principais países importadores e exportadores de frutas. As informações são da assessoria de imprensa do Instituto Frutal.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink