GO: produtores rurais visitam Estação Experimental da Emater
CI
Imagem: Divulgação
PISCICULTURA

GO: produtores rurais visitam Estação Experimental da Emater

Unidade executa programa de pesquisa inovador que estuda criação de híbridos de peixes redondos
Por:

Duas famílias de pequenos produtores rurais estiveram na Estação Experimental da Agência Goiana de Assistência Técnica, Extensão Rural e Pesquisa Agropecuária (Emater), em Anápolis, na última semana, para visitarem a unidade de pesquisa em piscicultura. No local, cientistas estudam metodologias de criação de híbridos de peixes redondos adaptadas às condições produtivas de piscicultores enquadrados na agricultura familiar.

O técnico da Emater, Francisco Cabral Neto, que prestou orientações aos visitantes, conduziu o passeio a fim de mostrar métodos adequados ao projeto de cada um dos casais. Os futuros produtores Jhonny Frankln e Luísa Pereira Lima vieram de Brasília conhecer o local para iniciarem a implantação de tanques escavados para a criação de tilápia em uma chácara em Cristalina, que ainda não é uma propriedade voltada para a produção agropecuária. “Queremos sugar um pouco de conhecimento do mestre”, afirma Jhonny se referindo ao profissional da Emater.

Também participou do encontro o casal Vandeir e Marlene Marques, ao lado do filho Ezequiel Marques. A família deseja otimizar o espaço de uma propriedade localizada na zona urbana do município de Palmeiras de Goiás. O intuito é adotar a aquaponia, um sistema que combina a aquicultura convencional com a hidroponia em um ambiente simbiótico, ou seja, integra a criação de organismos aquáticos e o cultivo de plantas. 

Retenção de água

A principal demanda dos visitantes e interesse em comum era conhecer de perto os procedimentos necessários para a construção de viveiros escavados e como reter água nos tanques. Nesse modelo, em que as aberturas são estruturadas a partir da retirada de terra da parte central ou de uma encosta, o terreno deve conter a quantidade correta de argila, ocupando de 20% a 35% do volume da área, conforme explicaram o especialista em piscicultura Francisco Cabral e o pesquisador da Emater Rolando Mazzoni.

Outras medidas fundamentais para evitar a perda de água são a realização da análise de solo onde o tanque será instalado e aplicação de matéria orgânica no fundo do reservatório para solucionar problemas de obstrução de poros. Estratégias como essa são implementadas e avaliadas na unidade de pesquisa em piscicultura da Emater em Anápolis, para que possam ser disponibilizadas metodologias eficazes aos produtores rurais do Estado.

Experimentos

Em parceria com a Universidade Federal de Goiás (UFG), a Estação Experimental de Anápolis desenvolve um trabalho de levantamento de dados relacionados à criação de peixes redondos. De acordo com Rolando Mazzoni, um dos coordenadores da pesquisa, são analisados dois peixes híbridos oriundos do cruzamento de tambaqui com pirapitinga e pacu com pirapitinga. 

“Estamos comparando eles a três densidades diferentes, ou seja, um peixe a cada dois metros quadrados, um peixe a cada um metro quadrado e um peixe a cada meio metro quadrado”, esclarece o cientista. O propósito é obter informações técnicas que possam ser revertidas em tecnologias aplicáveis em propriedades de pequeno e médio porte para potencializar sua produtividade.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.