Mercado de insumos deve crescer neste semestre, diz presidente de Câmara Temática

Agronegócio

Mercado de insumos deve crescer neste semestre, diz presidente de Câmara Temática

Segundo Simon, a demanda de fertilizantes deve estabilizar e a expectativa do setor é que mantenha, neste ano, um volume igual ou próximo ao do ano passado
Por:
283 acessos

O primeiro semestre foi marcado por queda na venda dos principais insumos, mas a partir de julho, o mercado começou a apresentar crescimento, principalmente na área de fertilizantes. A declaração é do presidente da Câmara Temática de Insumos Agropecuários, Cristiano Walter Simon, que conduziu os trabalhos da 42ª reunião ordinária, na segunda-feira (17), em Brasília.

Segundo Simon, a demanda de fertilizantes deve estabilizar e a expectativa do setor é que mantenha, neste ano, um volume igual ou próximo ao do ano passado, ou seja, de 22,5 milhões de toneladas. Dados da Associação Nacional para Difusão de Adubos (Anda) apontam que a entrega do produto ao consumidor final, no período de janeiro a julho de 2009, foi de 10,8 milhões de toneladas. O resultado é 22,5% inferior ao registrado no ano passado, quando as vendas alcançaram 13,9 milhões de toneladas. A produção nacional foi de 4,5 milhões de toneladas e os estoques finais na indústria, de 4,7 milhões de toneladas.

Defensivos - A venda de defensivos, nos sete primeiros meses deste ano, aumentou 1% em comparação ao mesmo período de 2008, passando de R$ 5,22 bilhões para R$ 5,28 bilhões. No segmento de herbicidas o crescimento foi no mercado de soja, milho safrinha e trigo, em fungicidas, nas culturas de feijão, tomate, batata, trigo e algodão e, nos inseticidas, no milho safrinha.

Na reunião, a Associação Brasileira de Sementes e Mudas (Abrasem) apresentou o resultado da produção de sementes de arroz, algodão, feijão, milho, soja e trigo que foi de 1,9 milhão de toneladas na safra 2007/2008 e, no período 2001/2002, de 1,4 milhão.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink