Ministro explica diferenças entre Garantia Safra, Seaf e Bolsa Estiagem
CI
Agronegócio

Ministro explica diferenças entre Garantia Safra, Seaf e Bolsa Estiagem

Governo aumentou de 283 para 1.063 o número de municípios beneficiados pelo Bolsa Estiagem
Por:
As diferenças entre o Bolsa Estiagem e os seguros oferecidos pelo Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), como o Garantia-Safra e o Seguro da Agricultura Familiar (Seaf), foram esclarecidas em entrevista do ministro do Desenvolvimento Agrário, Pepe Vargas, à TV NBR. Na semana passada, o governo aumentou de 283 para 1.063 o número de municípios beneficiados pelo Bolsa Estiagem.


O ministro explicou que têm direito ao pagamento agricultores familiares afetados pela seca em todo o país que estejam inscritos no Cadastro Único (CADÚnico) de programas sociais do governo federal, que tenham renda até dois salários mínimos e que não tenham acessado nem o Garantia-Safra nem o Seaf. O benefício pago aos produtores afetados é de R$ 400, dividido em cinco parcelas. O agricultor que tiver o Bolsa Família pode receber o dinheiro por meio do cartão.


Pepe Vargas aproveitou para informar as especificidades do Seguro da Agricultura Familiar e do Garantia-Safra. Têm acesso ao Seaf agricultores com empréstimos do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) que tiverem perdas devido a secas, geadas ou outras adversidades climáticas. Já o Garantia-Safra é pago aos produtores dos municípios com perdas acima de 50% da produção de alguns itens.


Até agora, o Garantia-Safra estava restrito aos produtores do semiárido, região que inclui o Nordeste, o norte de Minas Gerais e o norte do Espírito Santo. Entretanto, o Plano Safra da Agricultura Familiar 2012/2013, lançado no início do mês, estendeu a cobertura para agricultores familiares de todo o país. “Temos mais de 700 mil famílias de agricultores familiares com cobertura do Garantia-Safra. Se eventualmente houver uma diversidade climática, as pessoas terão essa renda”, afirmou Pepe Vargas à NBR. 

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink